Tradução de “A propósito dos nomes do vinho e do azeite” de Antoine Meillet

Traduction de “À propos des noms du vin et de l’huile”, d’Antoine Meillet

Autores

  • Thiago Saltarelli Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

etimologia. vinho. azeite. cultura minoica. línguas indo-europeias

Resumo

É sabido que o léxico, diferentemente dos sistemas fonológico e morfológico, é o nível linguístico mais permeável e suscetível às influências do contato com outras culturas e dos empréstimos de palavras de outras línguas. A partir desse fato, o artigo de Meillet aqui traduzido para o português investiga e propõe uma origem para alguns itens lexicais que designam determinados objetos, em especial o vinho e o azeite, nas línguas indo-europeias, com destaque para o grego e o latim e suas influências no francês. A hipótese principal é de que as palavras que designam aqueles objetos nas línguas grega e latina (e eventualmente em outras línguas indo-europeias) não têm origem indo-europeia. Ao contrário, são originárias da antiga cultura autóctone que se desenvolveu na bacia do Mar Egeu antes da chegada dos helenos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENOZZO, Francesco; OTTE, Marcel. Speaking Australopithecus: a New Theory on the Origins of Human Languages. Alessandria: Edizione dell’Orso, 2016.

MEILLET, Antoine. Linguistique historique et linguistique Générale. Genève: Slaktine; Paris: Champion, 1982.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

SALTARELLI, T. Tradução de “A propósito dos nomes do vinho e do azeite” de Antoine Meillet: Traduction de “À propos des noms du vin et de l’huile”, d’Antoine Meillet. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 100–108, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/39392. Acesso em: 4 fev. 2023.