Uma proposta de tradução literária e literal do poema I. 109 dos Epigramas de Marcial

Autores

  • Hudson Carlos Alves de Silva graduando em Letras pela UFJF

Palavras-chave:

Marcial, tradução literária, tradução literal, recriação tradutória

Resumo

Nascendo como uma simples proposta, este trabalho tenta conciliar em uma tradução dois polos: literariedade e literalidade, fazendo-se uso do epigrama I.109 de Marcial. Foram levadas em consideração, durante o ato tradutório, a forma e as figuras que compõem o poema latino, sua musicalidade, tentando recriá-las em língua portuguesa, e, também, o conteúdo dos versos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARMINA LATINA. Versos Escandidos. Disponível em: < http://carminalatina.com/crbst_4.html>,
Acessado em: 1 set. 2013.

CESILA, R. T. O Palimpsesto de Marcial, intertextualidade e geração de sentidos na obra do poeta de Bílbilis. Tese (Doutor em Linguística: Letras Clássicas) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2008.

FARIA, E. Gramática superior da língua latina. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1958. Latin poetry: Martial 1 109 (Hendecasyllabic verse), 1’50’’; Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=ml4_bXnz--A>, Acesso em: 1 set. 2013.

MARCIAL, M. V. Epigrams. Trans. Walter, C. A. & Ker, M. A., v. 1, London, Harvard University Press: Loeb Classical Library, 1919.

PAES, J. P. Sobre a tradução de poesia: alguns lugares-comuns e outros não tanto. In: Tradução: a ponte necessária, aspectos e problemas da arte de traduzir, p. 34. São Paulo, 1990.

SCATOLIN, A. A invenção no Do orador de Cícero: um estudo à luz de Ad Familiares I, 9, 23. Tese de Doutorado FFLCH/USP. São Paulo: 2009.

TAVARES, H. U. C. Teoria Literária. Belo horizonte, MG: Itatiaia, 2002.

VASCONCELLOS, P. S. Sintaxe do Período Subordinado Latino. São Paulo, SP: FAPUNIFEST.

Downloads

Publicado

2015-08-18

Como Citar

ALVES DE SILVA, H. C. Uma proposta de tradução literária e literal do poema I. 109 dos Epigramas de Marcial. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 166–188, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/23081. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Traduções