Perspectivas metodológicas de articulação entre Educação Comparada e Educação Matemática: o que dizem os trabalhos publicados no ENEM e SIPEM na última década?

Autores

Palavras-chave:

Metodologia Comparada, Educação Comparada, Educação Matemática

Resumo

O presente artigo tem por objetivo apresentar quais são as perspectivas metodológicas adotadas em trabalhos publicados no ENEM e no SIPEM, no período de 2010 e 2020, que relacionam Educação Comparada e Educação Matemática. Trata-se de uma revisão sistemática de literatura que, partindo de investigações anteriores, busca demarcar metodologicamente um escopo de estudos comparativos que foram publicados nos anais investigados.  Diante dos dados constituídos é possível perceber que estudos em Educação Matemática, que se declaram comparativos, se firmam na perspectiva da Análise de Sistema-Mundo, acompanhando a tendência das mais latentes fases da Educação Comparada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Flavio Augusto Leite Taveira, Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Para a Ciência e Licenciado em Matemática (2020) pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Compõe o Grupo de Pesquisa em Currículo: Estudos, Práticas e Avaliação (Gepac/Unesp/CNPq). Atua como membro do Núcleo de Apoio e Discussão de Gênero e Sexualidade (Nugens) da Unesp. Foi Bolsista da Capes no âmbito do Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI - Portugal), realizando Graduação Sanduíche junto à Escola de Ciências da Universidade do Minho (UMinho) em Braga, Portugal (2018-2019) e também Bolsista Pibic/CNPq na área de Educação (2019-2020). Seus estudos e reflexões ocorrem no âmbito da Educação Matemática, com ênfase em Desenvolvimento Curricular e Teoria Crítica (vertente habermasiana), permeando discussões no campo da Educação Comparada. 

Deise Aparecida Peralta, Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Doutora em Educação para a Ciência, Mestra em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem e Graduada em Matemática pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Foi bolsista de Pós-doutorado em Desenvolvimento Curricular pela Universidade do Minho (UMinho), sob supervisão do Prof Dr José Augusto Pacheco. Foi bolsista produtividade do CNPq de 2015 a 2021. Atualmente é professora no Departamento de Matemática da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (Unesp) e Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência (Unesp campus Bauru). Lidera o Grupo de Pesquisa em Currículo: Estudos, Práticas e Avaliação (Gepac/Unesp). Integra a Sociedade Brasileira de Educação Matemática (Sbem) e a Associação Brasileira de Currículo (ABdC). Tem experiência em Educação Matemática e atuado em atividades de pesquisa, extensão e orientação, permeando os campos da Filosofia e do Currículo.

Referências

ARNOVE, Robert F. Análise de Sistemas-Mundo e Educação Comparada na Era da Globalização. In: COWEN, Robert; KAZAMIAS, Andreas M.; ULTERHALTER, Elaine (org.). Educação comparada: panorama internacional e perspectivas. Brasília: UNESCO, 2012. p. 131-152. Disponível em https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000217707. Acesso em: 21 set. 2021.

ARNOVE, Robert F. Comparative education and world-systems analysis. Comparative Education Review, Albany, v. 24, n. 1, p. 48-62, feb 1980. Disponible in https://www.jstor.org/stable/1187395?seq=1. Acesso em: 21 set. 2021.

BENTO, António V. Como fazer uma revisão da literatura: Considerações teóricas e práticas. Revista JA (Associação Académica da Universidade da Madeira), n. 65, ano VII, p. 42-44, 2012. Disponível em: http://www3.uma.pt/bento/Repositorio/Revisaodaliteratura.pdf. Acesso em: 21 set. 2021.

BRAY, Mark; ADAMSON, Bob; MASON, Mark. (Org.). Pesquisa em Educação Comparada: abordagens e métodos. Brasília: Liber Livro, 2015. Disponível em https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000245741. Acesso em: 21 set. 2021.

CERQUEIRA, Dermeval Santos. Um estudo comparativo entre Brasil e Chile sobre Educação Matemática e sua influência nos currículos de matemática desses países. 2012. 254 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

DIAS, Marcelo de Oliveira. Educação Matemática e sua influência nos currículos prescritos e praticados: um estudo comparativo entre Brasil e Paraguai. 2012. 316 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

FERREIRA, A. G. O sentido da Educação Comparada: Uma compreensão sobre a construção de uma identidade. Educação, Porto Alegre, v. 31, n. 2, p. 124-138, maio/ago, 2008. Disponivel em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/2764/2111. Acesso em: 21 set. 2021.

FERRER, Ferran Julia. La Educación Comparada Actual. Barcelona: Ariel, 2012.

GONÇALVES, Harryson Junio Lessa. Experiência em educação comparada: contribuições para estudos curriculares em educação matemática. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. Disponível em: <https://www.editorafi.org/738matematica>. Acesso em: 21 set. 2021.

GONÇALVES, Harryson Junio Lessa; DIAS; Ana Lúcia Braz; PERALTA, Deise Aparecida. Estudo Comparativo sobre o Ensino de Matemática em Currículos de Educação Profissional Técnica: Brasil e Estados Unidos. Bolema, Rio Claro, v. 32, n. 60, p. 31-56, 2018. Disponível em https://www.scielo.br/pdf/bolema/v32n60/0103-636X-bolema-32-60-0031.pdf. Acesso em: 21 set. 2021.

GONÇALVES, Harryson Junio Lessa; DIAS; Ana Lúcia Braz; PERALTA, Deise Aparecida. Contribuições do projeto “Estudo Comparativo sobre o Ensino de Matemática em Currículos de Educação Profissional Técnica: Brasil e Estados Unidos” para estudos curriculares em educação matemática comparativa. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 7, 2018, Foz do Iguaçu. Anais... Brasília: SBEM, 2018. Disponível em: < http://www.sbemparana.com.br/eventos/index.php/SIPEM/VII_SIPEM/paper/view/465/497>. Acesso em: 21 set. 2021.

GONÇALVES, Harryson Junio Lessa; PIRES, Célia Maria Carolino. A Educação Comparada como perspectiva teórica em Estudos Curriculares na Educação Matemática. REnCiMa, São Paulo, v. 8, n. 3, p. 1-20, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.26843/rencima.v8i3.1224. Acesso em: 21 set. 2021.

GONÇALVES, Harryson Junio Lessa; PIRES, Célia Maria Carolino. Meta-Análise de Estudos Comparativos sobre Currículos de Matemática Latino-Americanos. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 6, 2015, Pirenópolis. Anais... Brasília: SBEM, 2015. Disponível em: <http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/visipem/anais/story_html5.html>. Acesso em: 21 set. 2021.2021.

KAZAMIAS, Andreas M. Algumas velhas e novas abordagens da metodologia em educação comparada. Comparative Education Review, v. 5, n. 2, p. 90–96, 1961. Disponível em: https://www.journals.uchicago.edu/doi/10.1086/444876. Acesso em: 21 set. 2021.

KHAN, Khalid S. et. al. Five steps to conducting a systematic review. Journal of the Royal Society of Medicine, v. 96, n. 3, p. 118-121, 2003. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC539417/. Acesso em: 21 set. 2021.

MENDES, Luiz Otavio Rodrigues; PEREIRA, Ana Lucia. Systematic review in the area of Mathematical Education and Teaching: analysis of

the process and proposal of steps. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 22, n. 3, p. 196-228, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i3p196-228. Acesso em: 21 set. 2021.

OLIVEIRA, Emilio Celso de. Impactos da Educação Matemática nos currículos prescritos e praticados: estudo comparativo entre Brasil e Argentina. 2013. 303 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.

PERALTA, Deise Aparecida; PACHECO, José Augusto. Currículo e Avaliação Externa: entre políticas internacionais e práticas nacionais. Vila Nova de Famalicão: Edições Húmus, 2021.

PEREIRA, Rodrigo da Silva.; SILVA, Maria Abádia da. Estado capitalista brasileiro e organismos internacionais: continuidades e aprofundamentos das reformas educacionais. Revista HISTEDBR On-Line, Campinas, v. 18, n. 2, p. 523–544, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8651372. Acesso em: 21 set. 2021.

PIATEK-JIMENEZ; Katrina; DIAS; Ana Lúcia Braz. Gender equity in Mathematics? In. PERALTA, Deise Aparecida; PACHECO, José Augusto. Currículo e Avaliação Externa: entre políticas internacionais e práticas nacionais. p. 125-148. Vila Nova de Famalicão: Edições Húmus, 2021.

ROSENBAUM, Luciane Santos. Estudo comparativo sobre a Educação Matemática presente em currículos: Brasil e Uruguai. 2014. 403 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) –Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

SILVA, Marcelo Navarro da. A Educação Matemática na América Latina: um estudo comparativo dos Currículos de Matemática do Brasil e México. 2017. 360 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.

SILVA, Marcelo Navarro da. As influências da Educação Matemática na América Latina: um estudo comparativo dos currículos de Matemática de Brasil e Venezuela. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11, 2013, Curitiba. Anais... Brasília: SBEM, 2013. Disponível em: < http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/XIENEM/comunicacoes_1.html>. Acesso em: 21 set. 2021.

AUTOR, 2020.

THIESEN, Juares da Silva; SEABRA, Filipa. (2020). Internacionalização da educação e dos currículos nos contextos do Ensino Básico e Secundário em Portugal. Educação, Santa Maria, v. 45, n. 1, p. 1-26, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5902/1984644438651. Acesso em: 21 set. 2021.

SILVA, Maria Abádia da; FERNANDES, Edison Flávio. O projeto educação 2030 da OCDE: uma bússola para a aprendizagem. Revista Exitus, Santarém, v. 9, n. 5, p. 271-300, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n5ID1108. Acesso em: 21 set. 2021.

VALENTE, Wagner Rodrigues. Por uma História Comparativa da Educação Matemática. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 145, p. 162-179, jan/abr2012. Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742012000100010. Acesso em: 16 abri. 2021.

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

TAVEIRA, F. A. L.; PERALTA, D. A. Perspectivas metodológicas de articulação entre Educação Comparada e Educação Matemática: o que dizem os trabalhos publicados no ENEM e SIPEM na última década?. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/35823. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos