Breve revisão de literatura sobre educação escolar na prisão

a percepção de professores e agentes penitenciários

  • Clayton da Silva Barcelos Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS e Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB http://orcid.org/0000-0001-9353-3700
  • Antônio Carlos do Nascimento Osório Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
Palavras-chave: Educação em prisões, Educação de Jovens e Adultos, Estado do conhecimento

Resumo

A execução penal e a educação escolar em prisões são temas que vêm ganhando debate no país, sob distintos olhares, em especial pelo fato do Brasil ser um país que encarcera em massa jovens em sua maioria pretos e periféricos. De modo a compreender como estes temas têm sido discutidos, o presente trabalho realizou o estado do conhecimento sobre a educação na prisão e a percepção de professores e agentes penitenciários quanto ao assunto. A investigação teve por metodologia de pesquisa a procura em plataformas online, visando revisar a literatura quanto a teses, dissertações e artigos referentes ao tema. Os resultados demonstram que a temática sob a ótica de professores e agentes penitenciários ainda é um campo a ser ampliado pela comunidade científica, visto não terem sido encontrados trabalhos com a temática proposta pelos autores deste estudo.

Biografia do Autor

Clayton da Silva Barcelos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS e Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB

Professor Assistente da Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB. Doutorando e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS. Especialista e Bacharel em Direito pela UFMS.

Antônio Carlos do Nascimento Osório, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, atuando como docente-pesquisador no ensino de graduação (licenciaturas, Pedagogia e Psicologia) e na pós-graduação (PPGEdu/FAED e PPGPsi/FAC). Coordenador do Grupo de Estudos nos Referenciais Acadêmicos Foucaultianos (GEIARF/CNPq) desde 2001.

Referências

BESSIL, Marcela Haupt and MERLO, Álvaro Roberto Crespo. A Prática Docente de Educação de Jovens e Adultos no Sistema Prisional. Psicol. Esc. Educ. [online]. 2017, vol.21, n.2, pp.285-293. ISSN 2175-3539. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2175-3539201702121115. Acessado em: 13/10/2018.

BARCELOS, Clayton da Silva. Educação escolar na prisão: os significados e sentidos das professoras que atuam em unidades penais de Corumbá, Mato Grosso do Sul. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Corumbá, MS, 2017.

BUENO, José Geraldo Silveira y PENNA, Marieta Gouvêa de Oliveira. A docência no ambiente prisional: entre a autonomia e a opressão. Etnográfica [online]. 2016, vol.20, n.2, pp.387-409. ISSN 0873-6561. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0873-65612016000200008&lng=es&nrm=iso. Acessado em: 14/10/2018.

CASTILHO, Auriluce Pereira. A remição como forma de instrumentalizar a efetividade dos direitos e garantias fundamentais aos reeducandos. (Mestrado em Direito) Universidade Federal de Uberlândia – UFU. 2016.

JULIÃO, Elionaldo Fernandes. A ressocialização através do estudo e do trabalho no sistema penitenciário brasileiro. (Doutorado e Ciências Sociais) Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ. 2009.

MATO GROSSO DO SUL, Governo do Estado de. Relatório permanente de controle de servidores. Unidade de Recursos Humanos. Diretoria de Administração e Finanças/DAF, 10/2018. Campo Grande/MS.

NEVES, Edmar Souza das. Minha história conto eu: escola e cultura prisional em instituição carcerária no Amapá. (Doutorado em Educação). Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP. 2017.

NONATO, Eunice Maria Nazarethe. Educação de mulheres em situação prisional: experiência que vem do sul, no processo de reinvenção social. (Doutorado em Ciências Sociais). Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. 2010.

OLIVEIRA, Carolina Bessa Ferreira de. A educação escolar nas prisões: uma análise a partir das representações dos presos da penitenciária de Uberlândia (MG). Educ. Pesqui. [online]. 2013, vol.39, n.4, pp.955-968. Epub Aug 30, 2013. ISSN 1517-9702. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022013005000017. Acessado em: 14/10/2018.

ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano. Educação escolar de adultos em privação de liberdade: limites e possibilidades. 2008. Trabalho apresentado no GT 18 – Educação de pessoas jovens e adultas. Anais 31ª Reunião Anual da Anped. Caxambu/MG. Disponível em: http://31reuniao.anped.org.br/1trabalho/GT18-4794--Int.pdf. Acessado em: 29/10/2018.

ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano. Educação escolar para jovens e adultos em situação de privação de liberdade. Cad. CEDES [online]. 2015, vol.35, n.96, pp.239-255.ISSN 1678-7110. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/CC0101-32622015723761. Acessado em: 15/10/2018.

ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano. Escola da prisão: espaço de construção da identidade do homem aprisionado? 2006. Trabalho apresentado no GT 06 – Educação popular. Anais 29ª Reunião Anual da Anped. Caxambu/MG. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/gt06-1943.pdf. Acessado em: 28/10/2018.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte” em educação. Diálogo Educ., Curitiba, v. 6, n.19, p.37-50, set./dez. 2006.

SILVA, Roberto da; MOREIRA, Fábio Aparecido and OLIVEIRA, Carolina Bessa Ferreira de. Ciências, Trabalho e Educação no Sistema Penitenciário Brasileiro. Cad. CEDES [online]. 2016, vol.36, n.98, pp.9-24. ISSN 0101-3262. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/CC0101-32622016162557. Acessado em 16/10/2018.

TORRES, Eli Narciso. A produção social do discurso da educação para ressocialização de indivíduos aprisionados em Mato Grosso do Sul. 2011. 146 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande.

VIEIRA, Márcia Cristina Rocha de Sousa. Professoras encarceradas: a educação na prisão de jovens e adultos na perspectiva das professoras que vivenciam o perigo em um ambiente de subjugação e resistência no exercício da docência no presídio de Valença/BA. (Mestrado em Teologia). Faculdades EST. 2015.

Publicado
2020-11-30
Seção
Artigos