TECNOLOGIAS MÓVEIS NA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ESCOLAR

  • Fausto Daniel Alves Fernandes Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Liamara Scortegagna Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

O presente artigo compõe um quadro de discussões sobre as Tecnologias da Informação e Comunicação em um contexto de Educação Financeira Escolar (EFE), especificamente sobre o uso das tecnologias móveis, os smartphones ou celulares inteligentes. Para obter subsídios para a reflexão, utilizamos a metodologia de revisão bibliográfica com análises em dados de pesquisas que apontam que dispositivos tecnológicos são mais usados entre os jovens para fins pedagógicos. Como resultado, apontamos que já existe uma série de pesquisas indicando vantagens de se inserir as tecnologias nos processos de ensino e aprendizagem, porém ainda há poucas sobre a utilização das tecnologias em salas de aula em que se aborda a educação financeira escolar. Especificamente sobre celular, seu uso em práticas pedagógicas ainda gera desconfiança, tanto da escola quanto dos pais dos alunos.

Biografia do Autor

Fausto Daniel Alves Fernandes, Universidade Federal de Juiz de Fora
Mestre em Educação Matemática pelo Programa de Pós-graduação em Educação Matemática (PPGEM) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Pesquisador do Núcleo de Investigação, Divulgação e Estudos em Educação Matemática (NIDEEM/UFJF
Liamara Scortegagna, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutora em Engenharia de Produção (UFSC). Professora do Programa de Pós-graduação em Educação Matemática (PPGEM) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Pesquisadora do Núcleo de Investigação, Divulgação e Estudos em Educação Matemática (NIDEEM/UFJF).
Publicado
2018-12-20