“Praticar justiça, amar a misericórdia”:

lugar e papel da perspectiva situacional na ética religiosa

Autores

  • Helmut Renders Universidade Metodista de São Paulo, Faculudade de Teologia

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2023.v26.41334

Resumo

Além da consideração de textos sagrados e de ensinos específicos utiliza-se na reflexão ética religiosa diferentes modos éticos que na sua grande maior podem ser lidas como expressões de quatro perspectivas éticas distintas: perspectivas deontológicas e teleológicas, perspectivas focadas na pessoa ou na situação. O artigo foca na discussão e no grau de integração ou no uso da perspectiva da ética da situação em livros de introdução na ética cristã em uso no Brasil e analisa no conjunto das demais perspectivas seu potencial e papel na defesa de minorias ou situações consideradas excepcionais. Conclua-se que especialmente a perspectiva ética da situação, e ao lado dela em um grau menor a perspectiva da ética da pessoa, são insubstituíveis na consideração do princípio da equidade ao lado do princípio da igualdade que sua vez tem uma ressonância na orientação moral de “amar a misericórdia” ou “amar a bondade” como corretivo ou forma de qualificar a prática da justiça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helmut Renders, Universidade Metodista de São Paulo, Faculudade de Teologia

Graduação em teologia - Theologisches Seminar Der Evangelisch-methodistischen Kirche in Deutschland (RFA, 1987) e pela Kirchliche Hochschule Wuppertal (Hebraico, RFA, 1984).  Doutorado em Doctor of Ministry pelo Wesley Seminary Washington, DC (EUA, 1998). Lato Sensu em Ciências de Religião - Universidade Metodista de São Paulo [Umesp], BRA, 2003. Iniciou em 2003 um mestrado em Ciências da Religião (Umesp, BRA) que foi transformado num doutorado direito  em 2004, por ocasião da qualificação. Doutorado em Ciências da Religião (Umesp, BRA, 2006). Desde março 2010 ingresso no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora como pós-doutorando. É professor associado da Universidade Metodista de São Paulo, editor geral da Editeo, editora da Faculudade de Teologia, editor da Revista científica Caminhando (FaTeo / Umesp) e secretüario do Centro de Estudos Wesleyanos (FaTeo / Umesp).

Tem experiência na área de Teologia, com ênfase em Teologia Sistemática e História, atuando principalmente nos seguintes temas: teologia sistemática, teologia wesleyana, teologia e cultura, teologia sustentável, iconologia, teoria da imagem e análise de discursos imagéticos.

Referências

ASSEMBLEIA GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Adotada e proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (resolução 217 A III) em 10 de dezembro 1948. Disponível em: < https://www.unicef.org/brazil/declaracao-universal-dos-direitos-humanos > Acesso em: 28/03/2022.

BENEVIDES, Maria Victória. Educação em Direitos Humanos: de que se trata?

Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Etica/9_benevides.pdf > Acesso em: 29/03/2022.

BRASIL. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília: Ministério dos Direitos Humanos, 2018. Disponível em: < https://www.gov.br/mdh/pt-br/navegue-por-temas/educacao-em-direitos-humanos/DIAGRMAOPNEDH.pdf > Acesso em: 28/03/2022.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade [recurso eletrônico]. São Paulo: Paz e Terra, 2018.

FRANCISCO Papa. Carta Encíclica Fratelli Tutti. Assis, 3 de outubro de 2020. Disponível em: <https://www.vatican.va/content/francesco/pt/encyclicals/

documents/papa-francesco_20201003_enciclica-fratelli-tutti.html

> Acesso em: 28/03/2022.

FOUNDATION FOR YOUNG AUSTRALIANS (FYA). The new work order. Ensuring young Australians have skills and experience for the jobs of the future, not the past. (2017). Disponível em: <https://www.fya.org.au/app/uploads/2021

/09/new-work-order-2015.pdf > Acesso em: 28/03/2022.

VIANA, Wellistony C. Fundamentação dos Direitos Humanos e paz. In: CESCON, Everaldo; NODARI, Paulo Cesar. Filosofia, ética e educação: por uma cultura da paz. São Paulo: Paulinas, 2011 (pp.319-339).

WOODS JR., Thomas E. Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental. São Paulo: Quadrante, 2008.

UNICEF. O que são Direitos Humanos? Adaptado de: Introdução à abordagem baseada em Direitos Humanos. UNICEF Finlândia, 2015. Disponível em: < https://www.unicef.org/brazil/o-que-sao-direitos-humanos#:~:text=Os%20direitos%20humanos%20s%C3%A3o%20normas,tem%20em%20rela%C3%A7%C3%A3o%20a%20eles. > Acesso em: 28/03/2022.

Downloads

Publicado

2023-12-05

Como Citar

RENDERS, H. “Praticar justiça, amar a misericórdia”: : lugar e papel da perspectiva situacional na ética religiosa. Numen, [S. l.], v. 26, n. 2, 2023. DOI: 10.34019/2236-6296.2023.v26.41334. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/numen/article/view/41334. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Seção Temática: Religião e Ética