Símbolos religiosos em espaços públicos: para pensar os conceitos de laicidade e secularização

Autores

  • Clemildo Anacleto Silva Centro Universitário Metodista - IPA

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2016.v19.22039

Palavras-chave:

Laicidade, Secularização, Símbolo Religioso

Resumo

Esse texto tem por objetivo demonstrar o resultado de uma pesquisa acerca da presença de símbolos religiosos em espaços públicos na cidade de Porto Alegre bem como refletir sobre o conceito de laicidade e o significado do símbolo religioso no espaço público aberto como praças, ruas, calçadas, praias, parques, etc. Discutiremos a respeito do significado do símbolo religioso e se sua presença implica no comprometimento à implementação de uma sociedade laica. Os resultados da pesquisa demonstraram que os entrevistados aceitaram com naturalidade a presença dos símbolos; entenderam essa presença como valorização da diversidade e respeito aos mais variados grupos religiosos; enxergaram o poder público como promotor da democracia uma vez que não privilegiou apenas uma tradição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clemildo Anacleto Silva, Centro Universitário Metodista - IPA

Doutor em Ciências da Religião. Mestre em Educação. Licenciado em Filosfia. Bacharel em Teologia. Professor do Programa de Pós-graduação no Mestrado em Reabilitação e Inclusão do Centro Universitário Metodista-IPA de Porto Alegre.

Downloads

Publicado

2017-03-06

Como Citar

SILVA, C. A. Símbolos religiosos em espaços públicos: para pensar os conceitos de laicidade e secularização. Numen, [S. l.], v. 19, n. 2, 2017. DOI: 10.34019/2236-6296.2016.v19.22039. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/numen/article/view/22039. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Seção Temática: Religião, Secularismo e Laicidade