Crime, Necessidades Alienadas e Satisfação de Necessidades: Uma Leitura a partir de Agnes Heller

  • Angelita Rangel Ferreira
  • Carina Berta Moljo
Palavras-chave: crime, pobreza, necessidades alienadas, estratégia de sobrevivência

Resumo

Este artigo objetiva discutir a utilização de atos qualificados como criminosos como estratégia desatisfação de necessidades alienadas produzidas na sociedade capitalista a luz da autora húngaraAgnes Heller. Isto porque compreendemos que essa sociedade se organiza de tal forma que “obriga”as pessoas a criarem estratégias que satisfaçam suas necessidades para sobreviver nela. Para a classeprivilegiada, esses atos podem ser utilizados como forma de satisfazer a necessidade de ampliação daacumulação de riqueza, de dinheiro e de poder e para a classe mais subalternizada, pode servir comoforma de satisfazer a necessidade de reprodução física e espiritual, assim como garantir o acesso ao“supérfluo”, já que a criação de necessidades sempre crescentes é necessária para a continuidade destasociedade que tem na alienação do trabalhador o seu meio de reproduzir-se e de se perpetrar.

Biografia do Autor

Angelita Rangel Ferreira
Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora.
Carina Berta Moljo
Professora adjunta da UFJF.
Publicado
2012-10-08