VOLTANDO PARA CASA, NÃO CONSIGO RESPIRAR: PENSANDO OS LINCHAMENTOS RACISTAS NO SUL DOS ESTADOS UNIDOS A PARTIR DA LITERATURA DE LANGSTON HUGHES

  • Gabriel das Chagas Alves Pereira de Souza

Resumo

O presente artigo aborda a relação entre trauma e regresso ao lar nos contos “Home” e “Father and” son, do autor norte-americano Langston Hughes. Este estudo demonstra como a literatura de base afrodescendente subverte a lógica clássica da tradição ocidental de relacionar o retorno a casa com o aprendizado. Para tanto, parte da teoria pós-colonial e dos estudos sobre decolonialidade, como os escritos de Frantz Fanon, Angela Davis, Achille Mbembe, Judith Butler e Grada Kilomba.

Palavras-chave: Langston Hughes. Literatura norte-americana. Renascença do Harlem. Decolonialidade.

Biografia do Autor

Gabriel das Chagas Alves Pereira de Souza

Graduado em Letras: Português/Inglês (UFRJ), Mestre em Ciência da Literatura (UFRJ) e Doutorando em Ciência da Literatura (UFRJ). Tem interesse pela área de Literatura Comparada, com ênfase nas relações entre Brasil e Estados Unidos. Em 2020, publicou na Revista Garrafa (UFRJ), vol.18, n. 52, artigo sobre poesia norte-americana, intitulado “Eu também sou América: pensando a consciência racial norte-americana a partir de Langston Hughes e Walt Whitman.

Publicado
2020-12-22
Seção
Literaturas de Língua Inglesa