Síndrome da angústia respiratória aguda na criança

  • José Antonio Chehuen Neto Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Luiz Antônio Tavares Neves Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Rafael Ribeiro Mansur Barbosa UniversidadeUniversidade Federal de Juiz de Fora
  • Guilherme de Oliveira Firmo Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Daniela de Souza Neves Universidade federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: Síndrome da angústia respiratória, Artrite infecciosa, SARA,

Resumo

Os autores apresentam um caso de Síndrome da Angústia Respiratória Aguda (SARA), numa criança de 5 anos de idade, como fator complicador de um pós-operatório de artrite séptica no quadril. A paciente evoluiu com edema agudo de pulmão não cardiogênico, além de bronco e laringoespasmo, configurando uma insuficiência respiratória aguda grave. O ecocardiograma indicou diminuição do débito cardíaco e aumento do diâmetro ventricular. A radiografia de tórax demonstrou hipotransparência pulmonar, com infiltrado peri-hilar. O diagnóstico foi Síndrome da Angústia Respiratória do Adulto na Criança. O tratamento proposto foi a manutenção das atividades vitais, ventilação mecânica, surfactante pulmonar e agressivo controle da hipertensão pulmonar com óxido nítrico e administração de diurético. Recebeu alta hospitalar com acompanhamento pelo pneumologista pediátrico e alta clínica posterior em bom estado geral.
Publicado
2008-02-01
Como Citar
1.
Neto JAC, Neves LAT, Barbosa RRM, Firmo G de O, Neves D de S. Síndrome da angústia respiratória aguda na criança. hu rev [Internet]. 1º de fevereiro de 2008 [citado 7º de julho de 2020];33(3):101-4. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/71
Seção
Relato de Caso

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 > >>