Automedicação entre Estudantes de Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora

Autores

  • José Antonio Chehuen Neto
  • Mauro Toledo Sirimarco
  • Cleide Mira Kawata Choi
  • Alessandro Ubaldo Barreto
  • Jonathan Batista Souza

Palavras-chave:

Automedicação, Comercialização de Medicamentos, Educação Médica,

Resumo

A automedicação é uma conduta cuja iniciativa parte fundamentalmente de um doente, ou de seu responsável, em consumir um produto com a finalidade de tratamento de doenças ou alívio de sintomas. Embora haja medicamentos que podem ser adquiridos sem prescrição médica, o doente não deve fazer uso indevido dos mesmos. Este estudo teve como objetivo conhecer a prevalência e os principais motivos da automedicação entre discentes da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (FM/UFJF). Realizamos estudo descritivo, com aplicação de questionários a alunos da FM/UFJF que cursavam o 1º, 2º, 8º e 9º períodos, abrangendo 213 alunos. Cento e sessenta e dois dos 213 discentes entrevistados (76,05%) automedicam-se; cento e cinqüenta de 213 (90,03%) não julgaram necessária uma consulta médica; dos acadêmicos dos 1º e 2° períodos 36/87 (41,13%) seguiram conselhos de parentes e/ou amigos, enquanto que 5/87 (5,74%) confiaram em conhecimentos próprios; nos 8º e 9º períodos, obtivemos 5/88 (5,68%) seguindo conselho de parentes e/ou amigos enquanto que a confiança em conhecimentos próprios foi constatada em 40/88 (45,45%). É alto o índice de acadêmicos de medicina que se automedicam. A maior confiança neste gesto ocorre entre os alunos mais adiantados do curso, por confiarem mais em seus conhecimentos. Entre os alunos iniciantes, a orientação para a prática da automedicação provém principalmente dos parentes e amigos.

Downloads

Publicado

2007-11-29

Como Citar

1.
Neto JAC, Sirimarco MT, Choi CMK, Barreto AU, Souza JB. Automedicação entre Estudantes de Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora. hu rev [Internet]. 29º de novembro de 2007 [citado 16º de setembro de 2021];32(3):59-64. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/18

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>