APP-LEARNING NO CONTEXTO DE GREVE E OCUPAÇÃO DO COLÉGIO PEDRO II

Palavras-chave: ciberpesquisa-formação, app-learning, movimentos sociais

Resumo

Apresentamos aqui aspectos formativos acionados nos usos de aplicativos em movimentos sociais. A partir de uma ciberpesquisa-formação buscamos compreender como formam e se formam docentes envolvidos em processos político-pedagógicos mediados pela criação e uso desses dispositivos em contextos de greve e ocupação do Colégio Pedro II. Experiências de pesquisa e de app-learning foram vivenciadas na ambiência formativa mediada pelo “App-MobilizaCP2”, criado no cotidiano desses movimentos. Defendemos o ocupar e a greve nas escolas como novos fenômenos de luta e formação de seus sujeitos, ocorridos na interface cidade-ciberespaço e em meio às ações curriculares emergentes.

 

Palavras-chaves: ciberpesquisa-formação, app-learning, movimentos sociais.


Biografia do Autor

Joelma Fabiane Ferreira Almeida, Universidade do Estado do rio de Janeiro - UERJ
Professora EBTT efetiva do Colégio Pedro II. Doutoranda em Educação do PROPED - UERJ. Menbro do GPDOC - Gruopo de Pesquisas Docência e Cibercultura.
Edmea Santos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro- UERJ

Docente adjunta do Programa de Pos-graduação em Educação da UERJ. Pós-doutora pela UAB-PT, professora convidada no Mestrado em Pedagogia do e-Learning UAB-PT. Coordenadora do GPDOC - Grupo de Pesquisas Docência e Cibercultura.

Publicado
2018-07-24
Seção
Artigos