Higienismo, imprensa e educação na Parahyba do Norte: o papel da mulher e a pedagogização dos hábitos

  • Larissa Meira Vasconcelos Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Charliton José dos Santos Machado Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Palavras-chave: Gênero, Higienismo, Educação.

Resumo

Este artigo analisa os discursos pedagógicos voltados à conformação de hábitos e valores comportamentais presentes nos jornais da Parahyba do Norte, na Primeira República. Parte-se da premissa de que o fenômeno educacional não se limita à escola, mas se encontra difundido na sociedade. Logo, consideram-se como dotados de viés educativo, impressos que não se direcionam estritamente ao público escolar. Empreende-se, pois, uma reflexão histórica sobre a construção da mulher como pedagoga da nação. Para tal intento, dialoga-se com a Nova História, a qual propõe repensar os conceitos de leitura e de assimilação dos discursos construídos. Trata-se de problematizar as formas de ler e os modos de arquitetar uma Parahyba saudável e educada. 

Biografia do Autor

Larissa Meira Vasconcelos, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba (PPGE/UFPB), mestre (2015) pela mesma instituição, bacharel em Comunicação Social (2011) pela Universidade São Judas Tadeu (USJT) e tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos de Gênero, Feminismos, Masculinidades e Imprensa. Atualmente, é professora mediadora do curso de especialização em Linguagem da UFPBVirtual.

 

Charliton José dos Santos Machado, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Charliton José dos Santos Machado é doutor (2001) em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN, possui pós­doutorado (2009) pela Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP e, atualmente, é Professor Associado III e Professor Permanente nos Programas de Pós­Graduação em Sociologia (PPGS) e em Educação (PPGE), ambos da Universidade Federal da Paraíba, atuando como orientador, principalmente, nos seguintes temas: Educação, História, Cultura e Gênero.

Publicado
2016-02-21
Seção
Artigos