Boccaccio e a inclinação poética: Genealogie deorum gentilium 15.10

Boccaccio and the poetic inclination: Genealogie deorum gentilium 15.10

Autores

Palavras-chave:

Giovanni Boccaccio. Genealogie deorum gentilium. poesia. vocação. autobiografia

Resumo

Nos dois últimos livros de suas Genealogie deorum gentilium (Genealogias dos deuses gentílicos, ca. 1359-1374), após treze volumes enciclopédicos sobre os deuses e heróis da mitologia greco-romana, Giovanni Boccaccio expõe uma contundente defesa da poesia e dos poetas, apresentando inúmeros argumentos e exemplos para rebater seus críticos (dentre eles, teólogos, advogados e médicos). Particularmente no capítulo 10 do livro 15, Boccaccio explica que todos os seres humanos possuem disposições naturais, incluindo uma disposição poética; e que a consequente diversidade de estudos e ofícios deveria ser exaltada, e não reprovada. Então, Boccaccio faz um relato de sua trajetória pessoal, revelando a inocuidade de qualquer projeto de vida que não contemple o desejo de cada um. Neste material, apresentarei uma tradução inédita da Genealogia 15.10 do latim para o português brasileiro, acompanhada de uma breve introdução sobre a carreira literária boccacciana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARMSTRONG, Guyda; DANIELS, Rhiannon; MILNER, Stephen. Chronology. In: The Cambridge companion to Boccaccio. Cambridge: Cambridge University Press, 2015. p. xxix–xxxv.

ASHDOWNE, Richard; HOWLETT, David; LATHAM, Ronald (eds.). Dictionary of Medieval Latin from British Sources. Oxford: British Academy, 2018.

BAGLIO, Mario. Avidulus glorie: Zanobi da Strada tra Boccaccio e Petrarca. Italia medioevale et umanistica, vol. 54, p. 343-339, 2013.

BLACK, Robert. Humanism and education in medieval and Renaissance Italy: tradition and innovation in Latin schools from the twelfth to the fifteenth century. Cambridge: Cambridge University Press, 2001.

BOCCACCIO, Giovanni. Amorosa visione, ed. Vittore Branca. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vol. 3. Milão: Mondadori, 1974. p. 1-272.

BOCCACCIO, Giovanni. Buccolicum carmen, ed. Giorgio Bernardi Perini. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vol. 5/2. Milão: Mondadori, 1994. p. 689-1085.

BOCCACCIO, Giovanni. Carmina, ed. Giuseppe Velli. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vol. 5/1. Milão: Mondadori, 1992. p. 375-492.

BOCCACCIO, Giovanni. Epistole e lettere, ed. Ginetta Auzzas. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vol. 5/1. Milão: Mondadori, 1992. p. 493-856.

BOCCACCIO, Giovanni. Genealogie deorum gentilium, ed. Vittorio Zaccaria. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vols. 7-8. Milão: Mondadori, 1998.

BOCCACCIO, Giovanni. Trattatello in laude di Dante, ed. Pier Giorgio Ricci. In: BRANCA, Vittore (ed.). Tutte le opere di Giovanni Boccaccio, vol. 3. Milão: Mondadori, 1974. p. 423-538.

BRANCA, Vittore. Giovanni Boccaccio: profilo biografico. Florença: G. C. Sansoni Editore, 1977.

DANIELS, Rhiannon. Reading and meaning: the reception of Boccaccio’s Teseida, Decameron, and De mulieribus claris to 1520. Tese de Doutorado – Department of Italian, University of Leeds, Leeds, 2003.

DE BLASI, Nicola. La prosa. In: BRIOSCHI, Franco; GIROLAMO, Costanzo di (eds.). Manuale di letteratura italiana: storia per generi e problemi, vol. 1. Turim: Bollati Boringhieri Editore, 1993. p. 262-281.

FARIA, Ernesto. Dicionário escolar latino-português. 3 ed. Brasília: Ministério da Educação, 1962.

FONSECA JUNIOR, Adir de Oliveira. Allegory of the self: Boccaccio’s Buccolicum carmen. Tese (Doutorado em Letras Clássicas) – Faculty of Classics, University of Oxford, Oxford, 2021.

FONSECA JUNIOR, Adir de Oliveira. Olympia de Giovanni Boccaccio: gêneros e memória poética virgiliana. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

GLARE, P. G. W. Oxford Latin dictionary. 2 ed. Oxford: Oxford University Press, 2012.

HEISE, Pedro Falleiros. Boccaccio e a poesia. Morus, vol. 9, p. 61-70, 2013a.

HEISE, Pedro Falleiros. Boccaccio em defesa da poesia: as Genealogie deorum gentilium. Serafino, v. 5, p. 154-157, 2013b.

HØYRUP, Jens. Jacopo da Firenze’s Tractatus algorismi and early Italian abbacus culture. Basileia; Boston: Birkhäuser, 2007.

JULIANI, Talita Janine. Dido, rainha de Cartago: uma releitura de Giovanni Boccaccio na obra De mulieribus claris. Rónai, vol. 9, n. 2, p. 133-253, 2021.

JULIANI, Talita Janine. Vestígios de Ovídio em Sobre as mulheres famosas (1361-1362) de Giovanni Boccaccio. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

KIRKHAM, Victoria. The parallel lives of Dante and Virgil. Dante Studies, vol. 110, p. 233-253, 1992.

MENETTI, Elisabetta. Boccaccio e a fantasia. Revista de Italianística, vol. 29, p. 109-133, 2015.

NIERMEYER, Jan Frederik. Mediae Latinitatis lexicon minus: lexique latin médiéval-français. Leiden: E. J. Brill, 1976.

PETRARCA, Francesco. Le senili, ed. Guido Martellotti, trans. Giuseppe Fracassetti. Turim: Einaudi, 1976.

TANTURLI, Giuliano; ZAMPONI, Stefano. Biografia e cronologia delle opere. In: DE ROBERTIS, Teresa et al. (ed.). Boccaccio autore e copista. Firenze: Mandragora, 2013. p. 61-66.

WILSON-OKAMURA, David Scott. Virgil in the Renaissance. Cambridge: Cambridge University Press, 2010.

WITT, Ronald. In the footsteps of the ancients: the origins of humanism from Lovato to Bruni. Leiden: Brill, 2000.

ZAK, Gur. Petrarch’s humanism and the care of the self. Cambridge; Nova Iorque: Cambridge University Press, 2010.

ZIOLKOWSKI, Jan; PUTNAM, Michael. The Virgilian tradition: the first fifteen hundred years. New Haven: Yale University Press, 2008.

Downloads

Publicado

2022-10-31

Como Citar

FONSECA JUNIOR, A. de O. Boccaccio e a inclinação poética: Genealogie deorum gentilium 15.10: Boccaccio and the poetic inclination: Genealogie deorum gentilium 15.10. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], p. 87–102, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/38409. Acesso em: 27 nov. 2022.