O mito fundante da religião civil: considerações sobre o mito dos metais na República de Platão (Pl. Rep. 414b-415c)

The founding myth of the civil religion: considerations about the myth of metals in Plato's Republic (Pl. Rep. 414b-415c)

Autores

Palavras-chave:

Platão. Rousseau. República. mito dos metais. religião civil

Resumo

No presente artigo, serão considerados os elementos conceituais que aproximam as obras República de Platão e Contrato Social de Jean-Jacques Rousseau, expressando em ambas o entendimento político de religião civil. A análise comparativa dessas obras confirmará que, embora Rousseau tenha cunhado o termo e o conceito formal da religião civil no oitavo capítulo do livro quarto, de sua famosa obra, o conceito fundante da religião civil já fora apresentado por Platão na exposição do chamado mito dos metais, tornando esse ensino na República o mito fundante da religião civil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEINER, Ronald. Civil Religion: a dialogue in the history of political philosophy. London: Cambridge University Press, 2010.

BORTOLINI, Mateo. Before Civil Religion: On Robert Bellah’s Forgotten Encounters with America, 1955-1965. Sociologica, v. 3, 2010.

CASERTANO, Giovanni. Uma Introdução à República de Platão. São Paulo: Paulus, 2011.

COUTO, Richard; WEBER, Eric Thomas. Civil Religion. In: COUTO, Richard (ed.). Political and Civic Leadership: a reference handbook. Washington, D.C.: Sage Press, 2010, p. 505-512.

ERLER, Michael. Platão. Tradução de Enio Paulo Giachini. Coleção Archai: As origens do pensamento ocidental. São Paulo: Annablume Clássica; Brasília/DF: Editora Universidade de Brasília, 2012.

KAWAUCHE, Thomaz. Religião e Política em Rousseau: o conceito de religião civil. São Paulo: Humanitas – Fapesp, 2013.

KOYZIS, David T. Visões & Ilusões Políticas: uma análise & crítica cristã das ideologias contemporâneas. São Paulo: Vida Nova, 2014.

PICKERING, Mark. The Insubstantial Pageant: is there a civil religious tradition in New Zealand? Tese para obtenção de título de Master of Arts in Religious Studies. University of Canterbury, 1985.

PLATÃO. A República. Tradução, apresentação e notas de Maria Helena da Rocha Pereira. 9ª ed. Porto: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001.

PURSHOUSE, Luke. A República de Platão: um guia de leitura. São Paulo: Paulus, 2010.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do Contrato Social ou Princípios do Direito Público. Tradução de Lourdes Santos Machado. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Editora Nova Cultural, 2005.

TRABATTONI, Franco. Platão. Coleção Archai: As origens do pensamento ocidental. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra; São Paulo: Annablume Clássica, 2012.

WOKLER, Robert. Rousseau. Porto Alegre: L&PM, 2012.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

GOMES, G. A. O mito fundante da religião civil: considerações sobre o mito dos metais na República de Platão (Pl. Rep. 414b-415c): The founding myth of the civil religion: considerations about the myth of metals in Plato’s Republic (Pl. Rep. 414b-415c). Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 42–53, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/37904. Acesso em: 4 fev. 2023.