Consciência e decisão na <i>Ilíada</i>: uma discussão da hipótese de Julian Jaynes

Consciousness and decision in Iliad: a discussion on Julian Jaynes’ hypothesis

  • Christiano Pereira de Almeida Universidade Federal de Juiz de Fora.
Palavras-chave: decisão, consciência, Ilíada, Homero

Resumo

Partindo da análise de cenas de tomada de decisão pelos personagens da Ilíada, o presente trabalho pretende discutir a proposta do psicólogo Julian Jaynes, segundo a qual, no período de concepção da obra homérica, não havia palavras e conceitos para o que modernamente, viria a ser concebido como subjetividade consciente, volição ou mesmo para o corpo como um todo, visto que tais conceitos só viriam a surgir muito mais tarde na história da espécie humana. Considerando tal proposta, este trabalho pretende questionar as hipóteses propostas por Jaynes.

Biografia do Autor

Christiano Pereira de Almeida, Universidade Federal de Juiz de Fora.
Doutorando do PPG Linguística da UFJF.

Referências

ADKINS, A. W. H. “Homeric gods and the values of Homeric society”. The Journal of Hellenic Studies. London, vol. 92, 1972, p. 1-19.ASSUNÇÃO, T. R. “Ação divina e construção da trama nos ‘Cantos I e II’ da Ilíada”.Letras Clássicas V, 2000, p. 63-78.

DESCARTES, R. Meditações. São Paulo: Abril Cultural, 1973 [1641].

DODDS, E. R. Os gregos e o irracional. São Paulo: Escuta, 2002 [1951].

GASKIN, R. “Do Homeric Heroes Make Real Decisions?”. In: CAIRNS, Douglas L. (ed.). Oxford Readings in Homer. Oxford: Oxford University Press, 2001, p. 147-169.

HOMERO. Ilíada. Trad. Frederico Lourenço. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

HOMER. Homeri Opera in Five Volumes.Oxford: Oxford University Press, 1920.

JAYNES, J. The origin of consciousness in the breakdown of the bicameral mind. EUA:

Houghton Mifflin, 1976.

KIP, A. M.V.E.T, “Agamemnon in the Iliad”. In: De Jong, J. F. (ed.) Homer: Critical Assessments 2. London and New York: Routledge, 1999: p. 206-217.

KULLMANN, W. “Gods and men in the Iliad and Odyssey”.In: Harvard studies in classical philology 89, 1985: p. 243‑263.

LESKY, A. “Motivation by gods and men”. Trad. H. M. Harvey. In: JONG, J. F. de (Ed.). Homer: critical assessments vol. II – The Homeric world. London: Routledge, 1999 [1961]. p. 384-403.

MALTA, André. A Selvagem Perdição: Erro e Ruína na Ilíada. São Paulo: Odysseus, 2006.

RIAHI, I. Ancient Minds Not Conscious, Zeitschrift für junge Religionswissenschaft [Online], 2014

ROBINSON, T. As origens da alma: os gregos e o conceito de alma de Homero a Aristóteles. São Paulo: Annablume, 2010.

SNELL, B. A cultura grega e as origens do pensamento Europeu. São Paulo: Perspectiva, 2001.

Publicado
2019-10-05
Seção
Dossiê: XXV Semana de Estudos Clássicos da UFJF