O BRANCO-OBJETO: O MOVIMENTO NEGRO SITUANDO A BRANQUITUDE

  • Lourenço Cardoso UFJF

Resumo

Este ensaio sustenta o argumento de que a branquitude é um tema emergente nas pesquisas sobre relações
raciais no Brasil. A área das relações raciais é marcada por um profundo entrelaçamento entre a atuação do
Estado, a reflexão teórica e a mobilização dos movimentos sociais. Essa teia resultou na emergência da branquitude,
porém vale salientar que essa emergência é fruto principalmente da ação e influência do movimento
negro. Para averiguar a utilização do tema branquitude na produção acadêmica brasileira, procurei empreender
o arcabouço teórico que Boaventura de Sousa Santos denominou como sociologia das ausências e das
emergências: também realizei uma interface entre a literatura científica brasileira e as teorias conhecidas como
pós-coloniais e procurei dialogar com as teorias feministas.
Publicado
2011-07-11
Seção
Artigos