DO DESAPARECIMENTO DA NATUREZA NA MÚSICA EVANGÉLICA BRASILEIRA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2015.v18.21970

Palavras-chave:

Natureza na hinologia evangélica, protestantismo brasileiro, música evangélica.

Resumo

 

 Resumo

 

Na segunda metade do século XX começou uma mudança musical nas igrejas evangélicas brasileiras, envolvendo tanto o aspecto musical como a letra. A comparação das letras entre os hinos cantados pelos evangélicos anteriormente com as letras da nova musicalidade apontam para o abandono de temas tradicionais da fé cristã. Entre esses temas deixados de lado está um dos mais caros para a teologia que é a natureza como criação divina e espaço privilegiado da presença de Deus. Na natureza Deus se mostra poderoso e glorioso e isso diversos dos antigos hinos diziam. As novas canções tenderam a abandonar esse aspecto teológico.

 

 

Biografia do Autor

Silas Luiz de Souza, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Professor de História, curso de Teologia - UPM

Doutor em História pela Unesp

Downloads

Publicado

2016-02-13