“Sonho Brasileiro”

Emicida e o Novo Lugar Social do Rap

  • Daniela Vieira dos Santos

Resumo

O artigo apresenta um exercício primeiro de reflexão a respeito das
transformações do rap brasileiro a partir de meados dos anos 2000. Em particular,
observa algumas estratégias e ações iniciais do rapper paulistano Emicida com
ênfase na análise do comercial intitulado Sonho Brasileiro protagonizado pelo hip
hopper em 2011. O sentido social materializado na propaganda revelaria tanto
aspectos para compreender partes do novo lugar social e simbólico do rap no Brasil
quanto as expectativas para o “país do futuro” na Era Lula. Além disso, o ensaio
demonstra o quanto as ações do rapper se caracterizam na chave da ambivalência
entre adocicamento versus enegrecimento.

Publicado
2020-09-10
Seção
Dossiê: A Fala da Música