Da crise a céu aberto às manchetes dos jornais a comunicação organizacional na construção do acontecimento jornalístico

Autores

  • Maria Ivete Trevisan Fossá
  • Patrícia Milano Pérsigo

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2010.v4.20927

Palavras-chave:

crises organizacionais, acontecimento jornalístico, comunicação organizacional

Resumo

Na sociedade midiatizada, acontecimentos imprevisíveis que rompem com o cotidiano, como por exemplo as crises organizacionais, são pautas garantidas na agenda midiática. Discute-se a construção do acontecimento e sua publicação noticiosa a partir do relacionamento organização e mídia em um contexto de crise. Busca-se compreender como as estratégias de comunicação organizacional colaboram no processo noticioso. Reflete-se sobre essas questões mediante a análise de conteúdo de matérias publicadas sobre o acidente com o voo AF 447 na Folha de São Paulo e no Le Monde. Verifica-se que a organização divide a cena midiática com seus públicos, onde o sucesso na gestão da crise está em fazer a voz organizacional também ser ouvida através das vozes dos demais campos sociais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-13

Como Citar

FOSSÁ, M. I. T.; PÉRSIGO, P. M. Da crise a céu aberto às manchetes dos jornais a comunicação organizacional na construção do acontecimento jornalístico. Lumina, [S. l.], v. 4, n. 2, 2010. DOI: 10.34019/1981-4070.2010.v4.20927. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/20927. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos