Reflexões sobre a pandemia da COVID-19 e o capitalismo

  • Marina Barbosa Pinto
  • Augusto Santiago Cerqueira
Palavras-chave: Crise econômica, Pandemia, COVID-19, Classismo

Resumo

A expansão do modo de produção capitalista tem propiciado as condições ideais para propagação de surtos de gripe que podem evoluir para pandemias, como a gripe espanhola, o caso recente da H1N1 e como é o caso atual da COVID-19. A intensificação da crise estrutural do capital tem contribuído para o aumento na taxa de ocorrência de pandemias no mundo, na medida em que se intensifica o avanço sobre o meio ambiente juntamente ao desmonte dos mecanismos de proteção social e do trabalho. As medidas de combate a expansão da pandemia da COVID-19 adotadas pela maior parte dos estados capitalistas, têm aumentado ainda mais o abismo social entre os mais ricos e mais pobres. Neste momento, são necessários: o fortalecimento do sistema de saúde e de assistência social; ações de proteção ao trabalho e da renda da população; o fortalecimento do sistema de educação, ciência e tecnologia públicas; e da luta da classe trabalhadora por uma nova sociedade.

Biografia do Autor

Marina Barbosa Pinto

Doutora em História, Professora aposentada da FSS, UFJF, Presidente da Apes SSind.

Augusto Santiago Cerqueira

Doutor em Engenharia Elétrica, Professor Titular da Faculdade de Engenharia, UFJF, 1o Tesoureiro da APES SSind.

Referências

ANDES, Neoliberalismo e política de C&T no brasil: um balanço crítico (1995-2016). Cadernos ANDES, no28, 2018.
ANDES, Proposta do ANDES para a universidade brasileira. Cadernos ANDES, no2, 2013.
ANTUNES, R. O caracol e sua concha: ensaios sobre a morfologia do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2005.
ANTUNES, R. Adeus ao trabalho? ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. Campinas: Cortez, 2018.
BORLINI, L . M. Há pedras no meio do caminho do SUS - os impactos do neoliberalismo na saúde do Brasil. Textos & Contextos (Porto Alegre), v. 9, n. 2, p. 321 - 333, 2010.
BRAGA, R. A rebeldia do precariado: trabalho e neoliberalismo no sul global. São paulo: Boitempo, 2017.
CARCANHOLO, M. D. Crise econômica atual e seus impactos para a organização da classe trabalhadora. in Revista Aurora, PPGCS/UNESP, Marilia, SP; v.3,nº2, 2010.
SALVADOR, E. S. O desmonte do financiamento da seguridade social em contexto de ajuste fiscal. Serv. Soc. Soc., n. 130, p. 426-446, 2017.
SODRÉ, L. Empregos precários tornam negros e latinos mais vulneráveis à covid-19 nos EUA. . Acesso em 02 de maio 2020.
WHO. Coronavirus disease (COVID-19) Pandemic. . Acesso em 05 de maio 2020.
Publicado
2020-06-15