O Serviço Social na História

40 anos de lutas e desafios

  • Ivanete Salete Boschetti
Palavras-chave: Serviço Social, XI CBAS, Congresso da Virada, Projeto Ético-Político Profissional

Resumo

O texto situa alguns elementos essenciais na trajetória do Serviço Social brasileiro desde o chamado “Congresso da Virada”, que aconteceu em 1979. Trata-se de revisitar 40 anos de história da profissão, embebida em suas determinações econômicas, políticas e sociais, partindo do contexto do regime autocrático instaurado em 1964, passando pelo  contexto da democracia burguesa alcançada com a Constituição de 1988 e chegando em 2019 num contexto de avanço fascistizante, que traz à tona o ultraneoliberalismo, o obscurantismo, e o ataque à própria democracia burguesa.

Biografia do Autor

Ivanete Salete Boschetti

Graduada em Serviço Social pela Universidade Católica Dom Bosco (1985), mestre em Política Social pela Universidade de Brasília (1993), doutora (1998) e pós-doutora (2012) em Sociologia pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris.  Professora Titular da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ESS/UFRJ) . Pesquisadora 1A do CNPq. Presidenta da ABEPSS na gestão 1999-2000. Vice Presidenta do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) na gestão 2005-2008 e Presidenta na gestão 2008-2011.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL – ABEPSS. Revista Temporalis. Reforma do Ensino Superior e Serviço Social. Brasília: ABEPSS, 2000.
BEHRING, E. Brasil em contrarreforma - desestruturação do Estado e perda de direitos”, São Paulo: Cortez, 2003.
BOSCHETTI, Ivanete. Seguridade Social e Trabalho: paradoxos na construção das Políticas de Previdência e Assistência Social no Brasil. Brasília: Editora UnB e Letras Livres, 2006.
BRASIL. Lei Federal 8662/1993. Disponível em http://www.cfess.org.br/arquivos/CEP_CFESS-SITE.pdf.
CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL – CFESS. Direito se conquista: a luta dos/as assistentes sociais pelas 30 horas semanais. Disponível em https://issuu.com/cfess/docs/livro30hcfess.
______. Revista inscrita, Ano VII, Nº X, CFESS, Brasília, 2007. Disponível em https://issuu.com/cfess/docs/revistainscrita-cfess__10_.
DEMIER, F. Depois do Golpe: a dialética da democracia blindada no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad, 2017.
FOLHA DE SÃO PAULO. FOLHA ONLINE. Leia íntegra da carta de Lula para acalmar o mercado financeiro. Disponível em https://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u33908.shtml.
GRANEMANN, S. A Reforma da Previdência do Governo Lula: argumentos e perspectiva de classe. Revista Outubro, N. 9, p. 113-124, 2003. Disponível em http://outubrorevista.com.br/wp-content/uploads/2015/02/Revista-Outubro-Edic%CC%A7a%CC%83o-9-Artigo-07.pdf.
IAMAMOTO, M. V.; CARVALHO, R. de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo: Cortez, 1982.
IASI, M. Cinco teses sobre a formação social brasileira (notas de estudo guiadas pelo pessimismo da razão e uma conclusão animada pelo otimismo da prática). Revista Serviço Social e Sociedade, n.136, p. 417-438, São Paulo, 2019. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282019000300417.
______. Democracia de Cooptação e Apassivamento da Classe Trabalhador. Disponível em https://praxisteoria.wordpress.com/2016/07/14/democracia-de-cooptacao-e-o-apassivamento-da-classe-trabalhadora/. Acesso em 14 de julho de 2016.
______. As Metamorfoses da Consciência de Classe: o PT entre a negação e o consentimento. São Paulo: Expressão Popular, 2006.
IASI, M.; MANSUR, I.; NEVES, V. (Org.). A Estratégia Democrático-Popular; um inventário crítico. Marília, Ed. Lutas Anticapital, 2019. Disponível em https://lutasanticapital.milharal.org/files/2019/04/2019_Iasi_final.pdf
NETTO, J. P. Pequena História da Ditadura Brasileira. São Paulo: Cortez, 2014.
PEREIRA, L. D. Análise comparativa entre expansão dos cursos de serviço social EAD e presenciais. Revista Temporalis, n. 27, p. 181-202, Brasília, ABEPSS, 2014. Disponível em http://periodicos.ufes.br/temporalis/issue/view/497.
PESTANA, M. Cinco anos de Junho de 2013: a perspectiva petista e os dilemas estratégicos da esquerda brasileira. Disponível em https://esquerdaonline.com.br/2018/07/16/cinco-anos-de-junho-de-2013-a-perspectiva-petista-e-os-dilemas-estrategicos-da-esquerda-brasileira/. Acesso em 20 de julho de 2018.
QUIROGA, C. Invasão Positivista no Marxismo: manifestações no ensino da metodologia no Serviço Social. São Paulo: Cortez, 1991
REDE BRASIL ATUAL. Janaína Paschoal admite farsa do impeachment: “Alguém acha que Dilma caiu por um problema contábil?”. Disponível em https://www.redebrasilatual.com.br/politica/2019/09/janaina-paschoal-admite-farsa-do-impeachment-alguem-acha-que-dilma-caiu-por-um-problema-contabil/. Acesso em 15 de setembro de 2019.
RIBIERO JR., A. A privataria tucana. São Paulo: Geração Editorial, 2011.
SILVA, M. L. O. e (Org.). Serviço Social no Brasil: história de resistências e de ruptura com o conservadorismo. São Paulo: Cortez, 2016.
SILVA, M. O. S. e. (Org.) Comunidade Solidária: o não-enfrentamento da pobreza no brasil. São Paulo: Cortez, 2001.
Publicado
2020-06-15