Correlações entre Insatisfação Corporal, Estado Nutricional e Comportamentos de Checagem do Corpo em Profissionais de Educação Física atuantes em academias de ginástica

  • Carlos Roberto Ramos da Rosa Junior Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Juiz de Fora, Faculdade de Educação Física e Desporto, Juiz de Fora, MG
  • Pedro Henrique Berbert de Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Governador Valadares, Departamento de Educação Física, Governador Valadares, MG.
  • João Carlos Bouzas Marins Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Educação Física, Viçosa, MG
  • Maria Elisa Caputo Ferreira Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Juiz de Fora, Faculdade de Educação Física e Desporto, Juiz de Fora, MG
Palavras-chave: Imagem Corporal. Estado Nutricional. Docente. Educação Física

Resumo

O objetivo do presente estudo foi associar a insatisfação corporal ao estado nutricional (EN) e aos comportamentos de checagem do corpo de profissionais de Educação Física.  Fizeram parte da amostra 43 profissionais do sexo masculino selecionados por conveniência em diferentes academias de ginástica e musculação no município de Teresópolis/RJ. O EN foi avaliado a partir da massa corporal e estatura autorreferidas, a insatisfação corporal por meio do Body Shape Questionnaire (BSQ) e os comportamentos de checagem pelo Male Body Checking Questionnaire (MBCQ).  Dadas as características não paramétricas dos dados, aplicou-se o teste de correlação de Spearman-Rank, adotando-se nível de significância de até 5%. Mais da metadequantos dos profissionais investigados encontraram-se acima do peso normal previsto. Foi verificada correlação positiva entre os valores de IMC e escores do BSQ (p=0,001). Entretanto, não foram encontradas correlações entre valores de IMC e escores de MBCQ, e entre os escores do BSQ e MBCQ. Concluiu-se que o EN mais elevado associou-se à insatisfação corporal, ao passo que não houve correlação entre o EN e os comportamentos de checagem, bem como, entre o nível de insatisfação corporal e os comportamentos de checagem do corpo desses profissionais.

 

Biografia do Autor

Carlos Roberto Ramos da Rosa Junior, Universidade Federal de Juiz de Fora – Campus Juiz de Fora, Faculdade de Educação Física e Desporto, Juiz de Fora, MG

Mestrando em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF (Área de Concentração: Movimento Humano / Linha de Pesquisa: Representações do Movimento Humano e Diversidade), possui Título de Especialista em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ - 2006) e Graduação em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO - 2005). Sua experiência na Área de Educação Física tem ênfase em Exercício Físico para Grupos Especiais e Treinamento Aeróbio. Membro do Grupo de Pesquisa Corpo e Diversidade Humana cadastrado no CNPq e Integrante do Laboratório de Estudos do Corpo (LABESC), atua desenvolvendo pesquisas envolvendo representações sociais e aspectos da imagem corporal ligados à professores de educação física e praticantes de atividade física.

Referências

REFERÊNCIAS

ABRANTES, M.M.; LAMOUNIER, J.A.; COLOSIMO, E.A. Prevalência de Sobrepeso e Obesidade nas Regiões Nordeste e Sudeste do Brasil. Revista da Associação Médica Brasileira, São Paulo, v.49, n.2, p.162-166, abr/jun. 2003.

ALFANO, L. et al. The Impact of Gender on the Assessment of Body Checking Behavior. Body Image, Norfolk, v.8, n.1, p.20–25, jan. 2011.

BOSI, M.L.M. et al. Autopercepção da imagem corporal entre estudantes de nutrição: um estudo no município do Rio de Janeiro. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 55, n. 2, p. 108-113, abr./jun. 2006.

__________. et al. Comportamento alimentar e imagem corporal entre estudantes de educação física. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 57, n. 1, p. 28-33, jan./mar. 2008.

CAMPANA, A.N.N.B.; TAVARES, M.C.G.C.F.; GARCIA JUNIOR, C. Preocupação e Insatisfação com o Corpo, Checagem e Evitação Corporal em Pessoas com Transtornos Alimentares. Pandéia, Ribeirão Preto, v.22, n.53, p.375-381, set/dez, 2012.

CARVALHO, P.H.B. et al. Tradução para o português (Brasil), equivalência semântica e consistência interna do Male Body Checking Questionnaire (MBCQ). Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 74-75, mar./abr. 2012.

__________. et al. Checagem corporal, atitude alimentar inadequada e insatisfação com a imagem corporal de jovens universitários. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 62, n. 2, p. 108-114, abr./jun. 2013.

COELHO, F.D. et al. Comparação da satisfação corporal entre praticantes de diferentes tipos de atividade física. Motricidade, Portugal, v.8, n.S2, p.964-969, 2012.

DAMASCENO, V.O. et al. Tipo físico ideal e satisfação com a imagem corporal de praticantes de caminhada. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v.11, n.3, p.181-186, mai/jun, 2005.

__________. et al. Imagem corporal e corpo ideal. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v.14, n.2, p.81-94, 2006.

DI PIETRO, M.; SILVEIRA, D.X. Internal validity, dimensionality and performance of the Body Shape Questionnaire in a group of Brazilian college students. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v.31, n.1, p.21-24, mar. 2009.

FIRMINO, R.C.; PEZZINI, M.R.; REIS, R.S. Motivos para Prática de Atividade Física e Imagem Corporal em Frequentadores de Academia. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v.16, n.1, p.18-23, jan/fev. 2010.

FONSECA, M.J.M. et al. Validade de peso e estatura informados e índice de massa corporal: estudo pró-saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v.38, n.3, p.392-398, jun. 2004.

FORBES, G.B. et al. Body Dissatisfaction and Disordered Eating in Three Cultures: Argentina, Brazil and U.S. Sex Role, New York, v.66, n.9-10, p.677-697, may. 2012.

FORTES, L.S. et al. Influências do nível de atividade física e do estado nutricional na insatisfação corporal de universitários de Educação Física. HU Revista, Juiz de Fora, v.37, n.2, p.175-180, abr/jun. 2011.

FRADE, R.E.T. Análise da influência de um programa nutricional e de condicionamento físico em variáveis antropométricas em uma academia de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo, v.8, n.45, p.156-163, mai/jun. 2014.

GIGANTE, D.P. et al. Prevalência de obesidade em adultos e seus fatores de risco. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 236-246, jun.1997.

HAAS, A.N.; GARCIA, A.C.D.; BERTOLETTI, J. Imagem Corporal e Bailarinas Profissionais. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v.16, n.3, p.182-185, mai/jun. 2010.

HANSEN, R.; VAZ, A.F. Treino, Culto e Embelezamento do Corpo: Um estudo em academias de ginástica e musculação. Revista Brasileira de Ciência do Esporte, Brasília, v.26, n.1, p.135-152, set. 2004.

IRIART, J.A.B.; CHAVES, J.C.; ORLEANS, R.G. Culto ao corpo e uso de anabolizantes entre praticantes de musculação. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.25, n.4, p.773-782, abr. 2009.

KAKESHITA, I.S.; ALMEIDA, S.S. Relação entre índice de massa corporal e a percepção da auto-imagem em universitários. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v.40, n.3, p.497-504, jun. 2006.

REAS, D.L. et al. Development of the Body Checking Questionnaire: A Self-Report Measure of Body Checking Behaviors. International Journal of Eating Disorders, Malden, v.31, n.3, p.324-333, apr. 2002.

__________. et al. Body checking and avoidance in overweight patients with binge eating disorder. International Journal of Eating Disorders, Malden, v.37, n.4, p.342-346, may. 2005.

__________.; WHITE, M.A.; GRILO, C.M. Body Checking Questionnaire: Psychometric Properties and Clinical Correlates in Obese Men and Women with Binge Eating Disorder. International Journal of Eating Disorders, Malden, v.39, n.4, p.326–331, may. 2006.

SARWER, D.B.; THOMPSON, K.; CASH, T.F. Body Image and Obesity in Adulthood. Psychiatric Clinics of North America, Maryland Heights, v.28, n.1, p.69-87, mar. 2005.

SHAFRAN, R. et al. Body Checking and its Avoidance in Eating Disorders. International Journal of Eating Disorders, Malden, v.35, n.1, p.93-101, jan. 2004.

SILVA, A.C.; PALMA, A.; LÜDORF, S.M.A. O envelhecimento do professor de educação física e sua prática professional: significados atribuídos ao corpo e à saúde. Pensar a Prática, Goiânia, v.16, n.3, p.817-833, jul/set. 2013.

SILVA, J.D. et al. Influência do estado nutricional para o risco de transtornos alimentares em estudantes de nutrição. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.17, n.12, p.3399-3406, dez. 2012.

SILVA, J.S.; BARATTO, I. Análise da percepção, satisfação corporal e conhecimento nutricional entre mulheres praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, v.8, n.46, p.238-246, jul/ago. 2014.

SMOLAK, L. Body Image Development in Children. In: CASH, T.F.; PRUZINSKY, T. (edited by). Body Image: A Handbook of Theory, Research, & Clinical Practice. New York: Guilford Press, 2002, p.91-98.

THOMAS, J.R.; NELSON, J.K.; SILVERMAN, S.J. Métodos de pesquisa em atividade física. Traduzido por: Ricardo Demétrio de Souza Petersen. 6ª Edição. Porto Alegre: Artmed, 2012.

TORRI, G.; BASSANI, J.J.; VAZ, A.F. Dor e tecnificação no contemporâneo culto ao corpo. Pensar a Prática, Goiânia, v.10, n.2, p. 93-105, 2007.

VIEIRA, J.L.L. et al. Distúrbios de atitudes alimentares e sua relação com a distorção da auto-imagem corporal em atletas de Judô do Estado do Paraná. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v.17, n.2, p.177-184, 2º sem. 2006.

WHO. World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic: reporto f a WHO consulation. Geneva, 1999. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/42330/1/WHO_TRS_894.pdf Acesso em: 11 dez. 2013.

WILLIAMSON, D.A. et al. An Information-Processing Perspective on Body Image. In: CASH, T.F.; PRUZINSKY, T. (edited by). Body Image: A Handbook of Theory, Research, & Clinical Practice. New York: Guilford Press, 2002, p.91-98.

Publicado
2015-10-05
Como Citar
Rosa Junior, C. R. R. da, Carvalho, P. H. B. de, Marins, J. C. B., & Ferreira, M. E. C. (2015). Correlações entre Insatisfação Corporal, Estado Nutricional e Comportamentos de Checagem do Corpo em Profissionais de Educação Física atuantes em academias de ginástica. HU Revista, 41(1 e 2). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2498
Seção
Artigos Originais