A Literatura como mudança das práticas sociais

elo entre Literatura e Cinema

Autores

  • Gilberto Giovani Couto Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO

DOI:

https://doi.org/10.34019/1808-9461.2020.v19.30180

Palavras-chave:

Leitura Literária. Cinema. Análise Crítica do Discurso. Criticidade.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo expor reflexões sobre a implementação do trabalho didático-pedagógico aplicado no Colégio Estadual Visconde de Guarapuava – Ensino Fundamental, Médio e Normal em Guarapuava, Paraná, como parte do PDE – Programa de Desenvolvimento Educacional. O trabalho desenvolvido teve como objetivo a análise de obras literárias e suas respectivas adaptações cinematográficas, com estudantes do Ensino Médio, e teve o viés teórico da Análise Crítica do Discurso, que ressalta a importância de “leituras de mundo”, quanto às relações de poder presentes na sociedade contemporânea, que colocam o adolescente num universo que poucas vezes é visto de forma crítica, que propicie reflexões e mudanças nas suas práticas de vida. A pesquisa é de cunho qualitativo, bibliográfica centrada principalmente nos autores Fairclough (2012) e Van Dijk (2015), e pesquisa de campo. As obras literárias e cinematográficas analisadas foram: Dom Casmurro ([1899] 1985) – Machado de Assis – Filme Dom (Direção: Moacyr Góes, 2003); A hora da estrela ([1977] 1998) – Clarice Lispector – Filme A hora da estrela (Direção: Suzana Amaral, 1987); Ensaio sobre a lucidez (2004) – José Saramago; Desmundo (1996) – Ana Miranda – Filme homônimo (ALAN FRESNOT, 2003). As contribuições relevantes do ponto de vista do aprofundamento nas diferentes formas de leitura, bem como o consequente aprofundamento nas análises de relações de poder presentes nas relações sociais tiveram destaque. 

 

Downloads

Publicado

2020-12-31

Edição

Seção

Relatos de experiência em sala de aula