O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

A Revista Gatilho é uma publicação semestral organizada e dirigida por alunos do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de Juiz de Fora. Este periódico publica os seguintes gêneros textuais (inéditos): artigos, resenhas, traduções, relatos de experiência em sala de aula e textos de divulgação científica para o grande público. Os textos enviados serão avaliados em regime de duplo anonimato (double-blind) por, pelo menos, dois especialistas externos, membros do Conselho Editorial ou avaliadores ad-hoc convidados para tal.

Podem submeter textos para a Revista Gatilho graduandos, pós-graduandos e egressos (o que também contempla graduados, mestres e doutores).

Os conteúdos dos textos e as opiniões neles expressas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores e autoras. Contudo, não serão aceitos textos com conteúdo e linguagem de natureza racista, sexista, xenófoba, homófoba ou de algum modo discriminatória.

Seguem-se as normas para publicação na revista (informamos que não serão considerados para a avaliação os trabalhos que não estejam dentro das normas determinadas abaixo):

Artigos:

Formatação da página: formato A4. Margens: esquerda 3,00 cm; direita 2,00 cm; em cima 3,00 cm; embaixo 2,00 cm. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entrelinhas 1,5, justificado. Notas: tamanho 10, espaçamento entrelinhas simples. Citações diretas com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, tamanho da fonte 11, espaçamento entrelinhas simples, sem aspas. Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor entre parênteses devem ser em letras maiúsculas. Exemplo:

"Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia." (DERRIDA, 1967, p. 293).

O artigo deve ter no mínimo doze e no máximo vinte e cinco páginas (contando as referências), com a seguinte estrutura:

Elementos pré-textuais:

1. Título (e subtítulo, se houver): na primeira linha, centralizado, em negrito, somente primeira letra em maiúscula.

2. Resumo na língua do texto: duas linhas abaixo do título, colocar a palavra RESUMO em caixa alta, seguida de dois pontos. Redigir o texto em parágrafo único, espaçamento entrelinhas simples. O resumo, de 100 a 250 palavras, deve ressaltar o objeto, o(s) objetivo(s), o método e as conclusões do artigo.

3. Palavras-chave na língua do texto: duas linhas abaixo do resumo, colocar a expressão PALAVRAS-CHAVE em caixa alta, seguida de dois pontos. Redigir de três a seis palavras-chave em espaçamento entrelinhas simples. Cada palavra-chave deve ter a primeira letra maiúscula e o restante em caixa baixa, e deve ser separada das demais por ponto.

Elementos textuais:

1. Introdução: parte inicial do artigo, onde devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do artigo.

2. Desenvolvimento: parte principal do artigo, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto tratado. Divide-se em seções e subseções que variam em função da abordagem do tema e do método.

3. Conclusão: parte final do artigo, na qual se apresentam as considerações finais correspondentes aos objetivos e hipóteses.

Elementos pós-textuais:

1 Título (e subtítulo, se houver) em língua estrangeira: na primeira linha depois do fim do texto, centralizado, em negrito, somente primeira letra em maiúscula.

2. Resumo em língua estrangeira: duas linhas abaixo do título em língua estrangeira, colocar a palavra ABSTRACT em inglês, ou RESUMEN em espanhol, ou RÉSUMÉ, em francês, ou RIASSUNTO, em italiano, em caixa alta, seguida de dois pontos. Versão do resumo para idioma de divultação internacional, com as mesmas características do resumo na língua do texto.

3. Palavras-chave em língua estrangeira: duas linhas abaixo do resumo em língua estrangeira, colocar a expressão KEYWORDS em inglês, ou PALABRAS CLAVE em espanhol, ou MOTS-CLÉS em francês, ou PAROLE CHIAVE em italiano, em caixa alta, seguida de dois pontos. Versão das palavras-chave para idioma de divulgação internacional, com as mesmas características das palavras-chave na língua do texto.

4. Referências: duas linhas abaixo das palavras-chave em língua estrangeira, colocar a expressão Referências, seguida de dois pontos. Listadas em ordem alfabética de sobrenome do autor, em espaçamento entrelinhas simples, devem atender aos padrões da ABNT (Associação de Normas Técnicas), cujos pontos básicos estão especificados a seguir:

a) Os elementos essenciais de livro e/ou folheto e/ou monografia e/ou trabalhos acadêmicos são: autor(es), título, edição, local, editora e data de publicação. Exemplos:

BRITO, E. O produto de chapas de partículas de madeira a partir de maravilhas de Pinus elliottii. Var. Elliottii plantado no sul do Brasil. 1995. 120f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1995

GOMES, L. G. F. F. Novela e sociedade no Brasil. Niterói: EdUFF, 1998.

b) Os elementos essenciais de livro e/ou folheto e/ou monografia e/ou trabalhos acadêmicos em meio eletrônico (disquetes, CD-ROM, on-line etc.) são: os mesmos indicados acima (a), mais as informações relativas à descrição física do meio eletrônico. Exemplo:

ALVES, Castro. Navio negreiro. [S.I.]: Virtual Books, 2000. Disponível em: <http://www.terra.com.br/virtualbooks/freebook/port/Lport2/navionegreiro.htm>. Acesso em: 10 jan. 2002

c) Os elementos essenciais de artigo e/ou matéria de revista, boletim etc. são: autor(es), título do artigo, título do periódico, local de publicação, numeração correspondente ao volume e/ou ano, fascículo ou número, paginação inicial e final do artigo, data ou intervalo de publicação e particularidades que identificam a revista (se houver). Exemplo:

GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.

d) Os elementos essenciais de parte de obra (como capítulo de livro) são: autor(es), título do capítulo, seguidos da expressão "In:", e da referência completa da obra. No final da referência, deve-se informar a paginação ou outra forma de individualizar a parte da obra referenciada. Exemplo:

ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G.; SCHMIDT, J. (Org.). História dos jovens 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

e) Os elementos essenciais de trabalhos apresentados em eventos são: autor(es), título do trabalho apresentado, seguido da expressão "In:", nome do evento, numeração do evento (se houver), ano e local (cidade) de realização, título do documento (anais, atas, tópico temático etc.), local, editora, data de publicação e página inicial e final da parte referenciada. Exemplo:

BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo, Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

Resenhas:

Formatação da página: formato A4. Margens: esquerda 3,00 cm; direita 2,00 cm; em cima 3,00 cm; embaixo 2,00 cm. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entrelinhas 1,5, justificado. Notas: tamanho 10, espaçamento entrelinhas simples. Citações diretas com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, tamanho da fonte 11 espaçamento entrelinhas simples, sem aspas. Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor entre parênteses devem ser em letras maiúsculas. Exemplo:

"Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia." (DERRIDA, 1967, p. 293).

Os materiais resenhados deverão ter sido publicados, no máximo, há cinco anos. As resenhas deverão conter no mínimo três e no máximo cinco páginas, com a seguinte estrutura:

1. Título (e subtítulo, se houver): na primeira linha, centralizado, em negrito, somente primeira letra em maiúscula.

2. Referência bibliográfica do material resenhado três linhas abaixo do título.

3. Corpo do texto três linhas abaixo da referência bibliográfica do material resenhado.

4. Os demais textos citados na resenha deverão aparecer em referência completa ao final da mesma e devem atender aos mesmos padrões do Artigo (acima).

Traduções:

As traduções deverão ser negociadas diretamente com os editores da Revista Gatilho pelo e-mail revistagatilho@gmail.com (adiantamos que o texto traduzido deve estar em domínio público ou o tradutor deve possuir direitos para sua tradução).

Relatos de experiência em sala de aula:

Formatação da página: formato A4. Margens: esquerda 3,00 cm; direita 2,00 cm; em cima 3,00 cm; embaixo 2,00 cm. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entrelinhas 1,5, justificado. Notas: tamanho 10, espaçamento entrelinhas simples. Citações diretas com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, tamanho da fonte 11, espaçamento entrelinhas simples, sem aspas. Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor entre parênteses devem ser em letras maiúsculas. Exemplo:

"Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia." (DERRIDA, 1967, p. 293).

O texto deve ter no mínimo sete e no máximo doze páginas (contando as referências), com a seguinte estrutura:

1. Título (e subtítulo, se houver): na primeira linha, centralizado, em negrito, somente primeira letra em maiúscula.

2. Corpo do texto três linhas abaixo do título do relato.

3. Os demais textos citados deverão aparecer em referência completa ao final da mesma e devem atender aos mesmos padrões do Artigo (acima).

Textos de divulgação científica para o grande público:

O objetivo desta seção é divulgar, para o público em geral (não acadêmico), pesquisas na área de Linguística. Formatação da página: formato A4. Margens: esquerda 3,00 cm; direita 2,00 cm; em cima 3,00 cm; embaixo 2,00 cm. Fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entrelinhas 1,5, justificado. O texto deve ter no mínimo uma e no máximo três páginas em que o pesquisador exponha sua pesquisa de forma compreensível para o público leigo.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.