Medidas de biossegurança nos consultórios odontológicos durante a pandemia de COVID-19: estudo com profissionais de saúde bucal do estado do Paraná

Autores

Palavras-chave:

COVID-19, Contenção de Riscos Biológicos, Atenção Odontológica, Serviços de Saúde Bucal, Padrões de Prática Odontológica

Resumo

Com o surgimento da pandemia causada pelo SARS-Cov-2, houve a necessidade de reestruturação dos serviços de saúde no Brasil, incluindo a clínica odontológica. O objetivo do presente estudo é descrever as medidas de biossegurança realizadas ou modificadas na prática de saúde bucal no estado do Paraná, em nível público e privado, envolvendo três categorias profissionais: cirurgiões-dentistas (CD), técnicos em saúde bucal (TSB) e auxiliares de saúde bucal (ASB). Esta pesquisa transversal descritiva foi realizada nos meses de agosto a outubro de 2020, com o envio de questionários on-line por e-mail e divulgação em redes sociais. Foram envolvidos 1072 profissionais, sendo 75,6% CD, 16,3% ASB e 8,1% TSB. O gênero feminino foi predominante entre os participantes (81,1%), com 46,1% apresentando idade entre 40 e 59 anos. Gorro, máscara cirúrgica, óculos de proteção e protetor facial são referidos como sempre utilizados, respectivamente, por 92,3%, 81,0%, 80,0% e 79,1% dos participantes. A máscara N95/PFF2 (67,5%) e o avental impermeável (20,3%) tiverem os maiores percentuais de “nunca disponíveis ou utilizados”. Cerca de 50% afirmaram que tiveram acesso à Nota Técnica GVIMS/GGTES/ANVISA Nº 04/2020. Os profissionais avaliados, em geral, realizaram mudanças em suas práticas de biossegurança, mas precisam ser acompanhados durante toda a extensão da pandemia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosalba Vaz Schülli dos Anjos, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Mestranda em Saúde da Família do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAÚDE) pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Especialista em Saúde da Família e em Gestão da Saúde pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Cirurgiã-Dentista graduada pela UFPR. CV: http://lattes.cnpq.br/8718639862996503

Alan Gustavo Stahlhoefer, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Cirurgião-dentista.  Graduado em Odontologia pela Graduado em Odontologia pela UFPR, mestrando em Saúde da Família (PROFSAÚDE - UFPR/FIOCRUZ), especialista em Saúde da Família pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Gestão em Saúde pela UNICENTRO (Programa Nacional de Formação em Administração Pública - PNAP UAB/UNICENTRO).  CV: http://lattes.cnpq.br/7011040447373072

Ivone da Costa Rosa, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Graduada em Enfermagem pelo Centro Universitário Campos de Andrade, graduada em Tecnologia de Gestão em Vigilância em Saúde pela UNINTER/PR, mestra em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). CV: http://lattes.cnpq.br/6483845622813901

Renata Cristina Soares, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutoranda em Odontologia na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mestra em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). CV: http://lattes.cnpq.br/6637840062364012

Letícia Simeoni Avais, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutoranda em Odontologia na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mestra e graduada em Odontologia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). CV: http://lattes.cnpq.br/0628111893311378

Elis Carolina Pacheco, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Graduada em Odontologia e mestra na área de Clínica Integrada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). CV: http://lattes.cnpq.br/9156389746117182

Manoelito Ferreira Silva Junior, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Graduado em Odontologiapela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), mestre e doutor em Odontologia (Saúde Coletiva) pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba - Unicamp e pós-doutor pela PUniversidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professor na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). CV: http://lattes.cnpq.br/1260232140260557

Thays Regina Ferreira da Costa, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Graduada, mestra e doutora em Odontologia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR). CV: http://lattes.cnpq.br/1587454996418799

Giovana Daniela Pecharki, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestra em Odontologia e doutora em Ciências da Saúde pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Professora Associada da UFPR. CV: http://lattes.cnpq.br/6077097637821980

Marcia Helena Baldani, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Graduada em Odontologia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mestra em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Professora associada da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). CV: http://lattes.cnpq.br/4381023790301478

Rafael Gomes Ditterich, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Graduado e doutor em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná  (PUCPR), mestre em Odontologia (Clínica Integrada) pela  Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e pós-doutor no Programa de Pós-Graduação em Odontologia pela Universidade Positivo (UP). Professor Associado da Universidade Federal do Paraná (UFPR). CV: http://lattes.cnpq.br/2456997496521203

Downloads

Publicado

2022-08-16

Edição

Seção

Artigos Originais