Aproximações metodológicas para um censo administrativo do legislativo municipal no Brasil

Resumo

O objetivo deste artigo é descrever o processo de elaboração do Censo Administrativo do Legislativo Municipal no Brasil (CALM) e alguns resultados de sua primeira versão. A finalidade da criação desta base de dados é fornecer à comunidade acadêmica uma fonte de informação padronizada e confiável que possa fomentar o interesse pelo estudo da política local com foco nos legislativos municipais brasileiros. Os métodos utilizados foram a análise de consistência de dados e a análise descritiva de dados para avaliar padrões e identificar casos fora do comum, que podem ser produto de má coleta ou falta de consistência na informação. O universo para estas análises foi – sempre que possível – formado por todos os municípios brasileiros. Os resultados revelam inconsistências nas bases de dados existentes sobre o legislativo municipal e descrevem as potencialidades do uso de registros administrativos para a análise do perfil e estrutura da representação local no Brasil.

Biografia do Autor

Rodrigo Rodrigues Silveira, Universidad de Salamanca, Espanha

Professor associado de Ciência Política na Universidade de Salamanca, Espanha. Sua trajetória profissional inclui pós-doutorado no Ibero-Amerikanisches Institut (IAI-SPK, Berlin), na Freie Universität Berlin (Germany) e na Brown University (USA). Realizou palestras e conferências em várias universidades na América Latina e na Europa. Seus interesses de pesquisa incluem política subnacional, demografia política e geografia política, assim como políticas públicas, relações intergovernamentais e instituições federais, poder local e grografia eleitoral. É autor de “Gobierno local y estado de bienestar” [Local Government and the Welfate State] (Spain, Fundación Manuel Giménez Abad, 2012), “Representación espacial y mapas” [Spatial Representation and Maps] (Spain, CIS, 2013), assim como de artigos em periódicos internacionais e capítulos de livros.

Marta Mendes Rocha, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutora em Ciência Política pela UFMG. Professora do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Política Local (NEPOL) vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFJF. Tem interesse em teoria democrática, representação política, política local e clientelismo.
Publicado
2019-07-15