Sobre a Revista

OBJETIVOS DA REVISTA

Teoria e Cultura é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora, avaliada como B1 (Qualis CAPES), destinada à divulgação e disseminação de textos na área de Ciências Sociais (antropologia, ciência política e sociologia). O projeto editorial contempla artigos científicos (manuscritos originais), ensaios, resenhas, entrevistas, e traduções de textos da área de ciências sociais. A revista publica predominantemente em português e é aberta a outras línguas como inglês, espanhol e francês.  Todos os artigos científicos publicados em Teoria e Cultura estão licenciados sob a Licença Creative Commons (CC BY 4.0; Attribution 4.0 international ) 

Licença Creative Commons

Endereço eletrônico do PPGCSO: www.ufjf.br/ppgcso 

E-mail para contato com Equipe Editorial: teoriaecultura@gmail.com

A Revista no Instagram: @teoriaecultura

ISSN eletrônico: 2318-101X 

ISSN Impresso: 1809-5968

HISTÓRICO DA REVISTA

O mestrado e o doutorado em Ciências Sociais da UFJF é fruto do esforço de organização e implementação por parte dos professores e professoras do referido departamento, acrescido da colaboração de colegas de outros departamentos e de outras unidades. A discussão para criação do mestrado iniciou-se em 1999 com o conjunto de docentes que participaram da especialização em planejamento e gestão social e de pesquisas no Centro de Pesquisas Sociais (CPS) da UFJF. O Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCSO) da UFJF começou suas atividades no ano de 2005, após a CAPES autorizar o mestrado. O curso de doutorado do Programa passou a funcionar a partir de 2009. Teoria e Cultura é a revista científica do PPGCSO criada em 2006, portanto, imediatamente após a institucionalização do Programa, para a divulgação da produção em ciências sociais, aberta a colegas acadêmicos do Brasil e do exterior. Desde a sua formulação inicial, Teoria e Cultura  é resultado do trabalho coletivo de professores e de professoras do PPGCSO, conscientes da importância do programa contar com uma publicação que tenha expressão no âmbito das ciências sociais brasileira. 

POLÍTICA EDITORIAL

Titulação para a submissão: Teoria e Cultura publica artigos frutos de pesquisas desenvolvidas no âmbito da pós-graduação, portanto, a titulação mínima para autore(a)s publicarem na revista é a de mestre(a) ou mestrando(a)s. Pesquisas oriundas de trabalhos finais de curso de graduação ou textos produzidos por graduando(a)s não serão aceitos. 

Taxas: Teoria e Cultura não cobra do(a)s autore(a)s nenhuma taxa ou contribuição financeira pela submissão, avaliação e publicação de artigos ou qualquer outro tipo de texto que venha a ser publicado. A revista segue o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Processo de Avaliação entre os pares: Os manuscritos do fluxo contínuo da revista passam por duas etapas preliminares. Na primeira, ao chegar à Equipe Editorial, são verificados quanto à adequação aos critérios da revista (número de caracteres, de co-autore(a)s, titulação, etc), foco e escopo. Na segunda etapa, o manuscrito é encaminhado para avaliação por colaboradores externos em anonimato bilateral. Para garantia do anonimato os autores precisam eliminar dados de autoria das propriedades do arquivo submetido ao sistema da revista, bem como do interior do texto (citações). Em caso de artigos submetidos para os dossiês temáticos, os organizadores são os responsáveis pela triagem inicial dos textos e verificação da adequação do manuscrito à proposta. Os organizadores são também os responsáveis pelo possível encaminhamento para avaliação dos artigos submetidos aos seus dossiês, também em anonimato bilateral. Em todos estes processos de avaliação, espera-se ter uma decisão ao longo dos próximos 3 meses após o envio do manuscrito dos autore(a)s aos pareceristas. Ao final da avaliação, o autor(a) será informado(a) acerca da aprovação/rejeição de seu artigo. Em caso de avaliações positivas, o artigo será finalmente aprovado para ajustes finais e publicação.

Direitos autorais e licença CC-BY: Ao submeter um manuscrito para Teoria e Cultura, o(a)s autore(a)s atestam o ineditismo de seu trabalho e se comprometem a não enviar o mesmo a outro periódico durante o processo de avaliação. A revista também não acolherá duas avaliações simultâneas de um mesmo autor. A submissão de qualquer colaboração implica automaticamente a cessão integral dos direitos autorais à Teoria e Cultura, que adota a licença CC-BY utilizada internacionalmente pelos principais periódicos e publicadores de acesso aberto. Entende-se que todo(a) autor(a) com artigo a ser publicado concorde com o uso desse tipo de licença.

Declaração de ética e negligência: Teoria e Cultura condena a má prática científica, como aquela baseada na prática do plágio e do “autoplágio” (publicação como material inédito de textos já publicados). Nesse sentido, autore(as) que submetem manuscritos ao periódico estão se comprometendo automaticamente com o comportamento ético da pesquisa em ciências sociais. As opiniões emitidas em artigos assinados e a integridade do conteúdo dos artigos são de absoluta responsabilidade dos seus autores. Eventuais casos de má prática científica verificada nos textos serão examinados e decididos pela Comissão Editorial.

Políticas de acesso livre: Teoria e Cultura oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público e proporcionar maior democratização do conhecimento.

 

CONSELHO EDITORIAL / EDITORIAL BOARD

Amy Erica Smith (Iowa State University, Estados Unidos)

Beatriz de Basto Teixeira (UFJF)

Cornelia Eckert (UFRGS)

Eduardo Antônio Salomão Condé (UFJF)

Euler David Siqueira (UFRRJ)

Fátima Regina Gomes Tavares (UFBA)

Francisco Colom González (IFS, CSIC, Espanha)

Jorge Ruben Tapia (UNICAMP)

José Alcides Figueiredo Santos (UFJF)

Jurema Gorski Brites (UFSM)

Luiz Fernando Dias Duarte (Museu Nacional/UFRJ)

Luiz Werneck Vianna (PUC/RJ)

Marcelo Ayres Camurça (UFJF)

Maria Alice Rezende de Carvalho (PUC/RJ)

Maria Claudia Pereira Coelho (UERJ)

Moacir Palmeira (Museu Nacional/UFRJ)

Octavio Andrés Ramon Bonet (IFCS/ UFRJ)

Octavio Guilherme Velho (Museu Nacional/UFRJ)

Philippe Portier (EPHE, Paris-Sorbonne, França)

Raul Franciso Magalhães (UFJF)

Rodrigo Rodrigues-Silveira (USAL, Espanha)