Monumentos de uma intervenção híbrida

Autores

  • Jardel Telles Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul
  • Rochele de Quadros Loguercio Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Artes Híbridas, Ciência Híbrida, Monumentos

Resumo

O objetivo deste artigo é pontuar a possibilidade de uma produção híbrida que se encarregue de traduzir a ciência em um olhar artístico que entrecruze este campo com outros conhecimentos. A partir dos entendimentos de Bruno Latour, propor e analisar escritos narrativos, com temática jornalística, dos participantes de uma oficina temática e que sugeriu versar sobre a Química da guerra e suas aproximações possíveis com as Artes Hybridas. Entendendo esta produção como monumentos construídos em um campo discursivo a partir de posições e de possibilidades tradicionais. Tentando atravessar estas estruturas tradicionais para um além, que possibilite extravasamentos e reconstrução da ciência inserida num emaranhado de saberes.

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

Telles, J., & de Quadros Loguercio, R. (2018). Monumentos de uma intervenção híbrida. Pesquisa E Debate Em Educação, 8(2), 292–311. Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/RPDE/article/view/31178