O que sabemos sobre Nigídio Maio, dono da Casa de Dioscuri em Pompeia?

What do we know about Nigidius Maius, the owner of the House of Dioscuri in Pompeii?

Autores

Palavras-chave:

Pompeia. Nigídio. biografia. recepção. Medeia

Resumo

A imagem de Medeia representada no afresco da Casa de Dioscuri nos aponta para a ressignificação e singularidade de sua recepção, quando comparada com o repertório imagético proveniente do mundo grego, cujas imagens apontam para o momento da morte dos filhos. O rico anfitrião descendente dos Nigídio Maio devia receber clientes e magistrados importantes em amplas salas ou em pequeno ambiente privado no interior da residência para discussões confidenciais. O espaço físico desempenha as funções sociais de lazer e de negócio, pois os amici se reclinam para o banquete na ampla sala de recepção localizada perto do jardim e do peristilo. No peristilo se encontram as mais expressivas e luxuosas das decorações, posicionadas estrategicamente para serem vistas pelo visitante e espectador e, ao mesmo tempo, lá se expressava a identidade compartilhada do seu morador. Interessa-nos analisar a trajetória de vida sociopolítica da família Nigídio Maio, donos da Casa de Dioscuri em Pompeia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

APPADURAI, Arjun (Org.). A Vida Social Das Coisas: As Mercadorias Sob Uma Perspectiva Cultural. Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2008.

BALCH, David L.; LAMOREUX, Jason T. Finding a Woman's place. Princeton: Wipf and Stock Publishers, 2011.

BEARD, Mary. Pompeii: The Life of a Roman Town. London: Profile Books, 2008.

CAMPBELL, Virginia L. Politicians and Priestesses. Networks of Elite Families in Pompeii. Leidschrift. Historisch Tijdschrift, v. 31, n. 1, p. 61-74, 2016.

CHOAY, Françoise. A alegoria do patrimônio. São Paulo: Unesp, 2006.

COOLEY, Alison E.; COOLEY, M. G. L. Pompeii and Herculaneum: a sourcebook. London: Routledge, 2014.

FRANKLIN, James L. Cn. Alleius Nigidius Maius and the Amphitheatre: ‘Munera’ and a Distinguished Career at Ancient Pompeii. Historia: Zeitschrift Für Alte Geschichte, v. 46, n. 4, p. 434-47, 1997.

GARRAFFONI, Renata Senna. Rixa no anfiteatro de Pompéia: O relato de Tácito e os grafites parietais. História Revista. Goiânia: UFG, v. 12, n. 2, p. 241- 251, 2007.

GURD, Sean Alexander. Four Epigrams on Timomachus's Unfinished Medea. American Philological Association. The Johns Hopkins University Press, v. 137, n. 2, p. 305-331, Autumn 2007.

HARTNETT, Jeremy. The Roman Street: urban life and society in Pompeii, Herculaneum, and Rome. Cambridge: Cambridge University Press, 2017.

HOLLERAN, Claire. Shopping in Ancient Rome: The retail trade in the Late Republic and the Principate. Oxford: Oxford University Press, 2012.

LIU, Jinyu. Local Governments and Collegia: A New Appraisal of the Evidence. In: AUBERT, J-J. (ed.). A Tall Order – Writing the Social History of the Ancient World. Berlim: B. G. Teubner, 2008, p. 279 -310.

PIRSON, Felix. Rented accommodation at Pompeii: the evidence of the Insula Arriana Polliana VI 6. In: LAURENCE, Ray; WALLACE-HADRILL, Andrew. Domestic Space in the Roman world: Pompeii and Beyond. Dexter: Thomson-Shore, 1997, p.165-182.

RICHARDSON, L. Pompeii: The Casa dei Dioscuri and Its Painters. Michigan: University of Michigan Press, 1955.

TÁCITO. Anais. Trad. de J. L. Freire de Carvalho. Série Clássicos Jackson, Vol. XXV. São Paulo: Editora Brasileira, 1957.

Downloads

Publicado

2022-10-31

Como Citar

CANDIDO, M. R. O que sabemos sobre Nigídio Maio, dono da Casa de Dioscuri em Pompeia? What do we know about Nigidius Maius, the owner of the House of Dioscuri in Pompeii?. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], p. 3–15, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/37883. Acesso em: 27 nov. 2022.