Aspectos da religiosidade em Platão: ‘eusébeia’, ‘asébia’, ‘hósios’ e ‘anósios’

  • Priscilla Gontijo Leite doutoranda em Mundo Antigo pela Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Platão, religiosidade grega, Êutifron, Leis, República

Resumo

A religiosidade aparece com frequência nas obras platônicas, sendo uma delas o diálogo Êutifron, dedicada à definição do sentimento religioso. Este artigo tem o objetivo de analisar de forma breve e geral o lugar que os termos eusébeia, asébia, hósios e anósios ocupam no pensamento platônico, buscando entender o seu uso desigual no conjunto da obra, já que hósios e seus derivados aparecem 148 vezes, enquanto que eusébeia apenas 7.

 

Palavras-chave: Platão; religiosidade grega; Êutifron; Leis; República.

 

Aspects of religiosity in Plato: eusébeia, asébeia, hósios and anósios

 

Abstract

Religiosity appears frequently in the works of Plato. One of them is the dialogue called Euthyphro, dedicated to the definition of the religious feeling. This article aims to analyze briefly and generally the place that the terms eusébeia, asébeia, hósios and anósios occupy in the Platonic way of thinking, seeking to understand its unequal use in the work as a whole since hósios and its derivatives appear 148 times against only 7 occurences of eusébeia.

 

Keywords: Plato; Greek religion; Euthyphro; Laws; Republic.

Referências

PLATÃO. A República. Tradução Anna Lia Amaral de Almeida Prado; revisão técnica e introdução Roberto Bolzani Filho. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

_______. As Leis. Tradução, notas e introdução Edson Bini. Bauru: Edipro, 1999.

_______. Apologia de Sócrates, precedido de Êutifron (Sobre a piedade) e, seguido de, Críton (Sobre o dever). Introdução, tradução do grego e notas de André Malta. Porto Alegre: L&PM, 2008.

PLATON Les lois: extraits. Introduction, traduction nouvelle et notes par Anissa Castel-Bouchouchi. Paris: Gallimard, 1997.

_______. Euthyphron. Introductions et traductions Louis- André Dorion. Paris: GF Flammarion, 1997.

ARISTÓTELES Política. Tradução, introdução e notas de Mário da Gama Kury. Brasília: Editora UNB, 1985. (Série Biblioteca Clássica UNB) Autores Modernos

BRANDWOOD, L. A word index to Plato. Leeds: W.S. Maney & SON LIMITED, 1976.

PEREIRA, M. H. R. Estudos de História da Cultura Clássica. I — Cultura Grega: Lisboa, 2006

MAYHEW, R. Impiety and Political Unity: Aristotle, Politics 1262a25-32. Classical Philology, Vol. 91, No. 1. (Jan., 1996), pp. 54-59.

MOULINIER, L. Le pur et l’impur dans la pensée des grecs: d'Homere à Aristote.Paris: C. Klincksieck, 1952.

MOSSE, C. O processo de Sócrates. Trad. Arnaldo Marques. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.

PANGLE, T. L., Interpretative Essay. In: The Laws of Plato. – Translated, with Notes and an Interpretative Essay by Thomas L Pangle. New York: Basic Books, Inc, Publishers.

ROSEN, F. Piety and Justice: Plato's 'Euthyphro'. Philosophy, Vol. 43, No. 164. (Apr., 1968), pp. 105-116.

SAUNDERS, T. J. Plato’s Penal Code: Tradition, Controversy, and Reform in Greek Penology. New York: Oxford University Press, 2002.

ZAIDMAN, L. B. Le commerce des dieux. Eusebeia: essai sur la piété em Grece ancienne. Paris: La Découverte, 2001.
Publicado
2015-08-17
Seção
Artigos