USUÁRIOS DE CRACK MARANHENSES: HABILIDADES SOCIAIS, HABILIDADES DE ENFRENTAMENTO E SUPORTE SOCIAL

Palavras-chave: Habilidades sociais; Estilos de enfrentamento; Crack (droga)

Resumo

O uso de crack é considerado multicausal e as habilidades sociais (HS) são essenciais para o fortalecimento da rede de suporte social (SS). Objetivou-se descrever o perfil de usuários de crack, do Sul do Maranhão, suas HS, habilidades de enfrentamento (HE) e percepção sobre o SS. Trata-se de estudo descritivo e transversal, realizado com 61 usuários, em tratamento no CAPS-AD-III. Instrumentos utilizados: IHS-Del-Prette, IDHEA-AD e EPSUS. As análises descritivas identificaram que o perfil dos participantes se assemelha à literatura atual. No que concerne às HS, HE, e na percepção do SS, indica-se prejuízo no total dos escores. Destaca-se a importância de estudos sobre as características dessa população e a elaboração de intervenções que promovam o repertório de HS.

Biografia do Autor

Karoline Giele Martins Aguiar, Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Psicóloga, mestre em Psicologia Clínica pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.
Luana Thereza Nesi de Mello, Universidade do Algarve
Psicóloga, doutoranda em Psicologia na Universidade do Algarve.
Ilana Andretta, Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Psicóloga, doutora em Psicologia pela PUCRS, professora no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, coordenadora do grupo Intervenções Cognitivo-Comportamentais: Estudo e Pesquisa.
Publicado
2019-11-06