Esquina sistina

Dentre inúmeras numinosidades, seis canções con-sagradas.

Autores

  • José Lima Junior

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2022.v25.39217

Resumo

Resumo: 2022 marca um tempo de lembranças e comemorações. Cem anos da Semana de Arte Moderna. Oitenta anos do Nascimento de Milton. Cinquenta anos do álbum “Clube da Esquina”. Às vezes acontece da cultura, através de sua arte, se prestar a invenções tão densas e determinantes que chegam a representar uma sacralidade, ainda que secularizada. Recordar e festejar são movimentos do coração. Buscam legitimações e motivações ao viver e ao morrer. Compõem fagulhas de alguma eventual numinosidade. Mesmo sem o múnus consagrado das instituições míticas e mágicas, há canções que tangenciam o tremendo mistério, o inefável fascínio, o encantamento potente. É desse lado da pesquisa sobre Religião e Música que este artigo quer provocar leituras e reações.

Palavras-chave: Memória. Música Popular Brasileira. Espiritualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-06-02

Como Citar

LIMA JUNIOR, J. Esquina sistina: Dentre inúmeras numinosidades, seis canções con-sagradas. Numen, [S. l.], v. 25, n. 2, 2023. DOI: 10.34019/2236-6296.2022.v25.39217. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/numen/article/view/39217. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Seção temática: Religião & Música