Eu chamo de outra maneira

a vingança do paganismo na África Insubmissa de Achille Mbembe

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2021.v24.34286

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as reflexões propostas no livro África Insubmissa de Achille Mbembe (2013) sobre a releitura das tradições sagradas africanas, observadas em movimentos de efervescência religiosa, no contexto pós-independência de países do continente. Pretende-se demonstrar que as interpretações do autor sobre a vingança do paganismo oferecem uma visão inovadora da religião como resistência ao colonialismo e às suas sobrevivências contemporâneas nas relações entre as sociedades pós-coloniais e os novos estados autoritários, aliados ao Cristianismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-05

Edição

Seção

Seção Temática: Religião e Pós-colonialidade