Notas sobre a diferença: neopentecostalismo underground em uma organização religiosa

Autores

  • Isley Borges da Silva Júnior Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Alessandro Enoque Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Luiz Alex Silva Saraiva Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2020.v23.31372

Resumo

Há uma relativa diversidade de estudos que buscam compreender o fenômeno religioso em suas diversas facetas (espacial, social, cultural, econômica, simbólica, organizacional, etc).  Indo além das tentativas de tipologizações pentecostais, estes novos trabalhos têm, como objetivo principal, uma melhor compreensão acerca dos elementos constitutivos desta determinada religiosidade.  Além disto, parece haver um real interesse, por parte da academia, no sentido de melhor compreender a emergência de um certo neopentecostalismo alternativo, não convencional, underground.  É dentro desta última perspectiva que este artigo está inserido.  Partindo de uma metodologia de natureza qualitativa, este trabalho teve, como objetivo principal, compreender a história e algumas  especificidades de uma instituição religiosa neopentecostal não-tradicional, gestada no âmago da Igreja Pentecostal Shalom e fundada em uma cidade do interior de Minas Gerais em fins da década de oitenta.

Biografia do Autor

Isley Borges da Silva Júnior, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia do Pontal (PPGEP) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Doutorando em Letras pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Alessandro Enoque, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Professor Associado II da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Pontal (PPGEP/PONTAL) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pós-Doutor em Sciences Humaines pela École des Sciences de la Gestion (ESQ) da Université du Québec à Montréal (UQAM). Doutor em Ciências Humanas (Sociologia e Ciência Política) pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (FAFICH/UFMG). Mestre em Administração de Empresas (Área de Concentração: Organizações e Recursos Humanos) pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (FACE/UFMG). Coordenador do Núcleo de Estudos em Invisibilidade Laboral e Social (NILS) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Coordenador do Núcleo de Estudos em Organizações (NEORG) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pesquisador do Núcleo de Estudos Organizacionais e Sociedade (NEOS) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Luiz Alex Silva Saraiva, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Professor Associado do Departamento de Ciências Administrativas e Docente Permanente do Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Administração da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais desde 2010. Doutor e Mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais. Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Sergipe. Subcoordenador do CEPEAD/UFMG (2019-2021). Coordenador do Doutorado Interinstitucional UFMG/UFAM (2015/2020). Subcoordenador do Núcleo de Estudos Organizacionais e Sociedade (NEOS/UFMG), responsável pela sua gestão acadêmica. Editor-Chefe da Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, tendo também sido editor convidado em outros periódicos (Gestão e Sociedade, Gestão & Planejamento, Cadernos EBAPE.BR, Revista Eletrônica de Ciência Administrativa e Revista de Administração de Empresas).

Downloads

Publicado

2021-01-15