Perlaboração e contemplação meditativa: antropologia do imaginário e o Dharma de Buda como terapêutica potencial

  • Leandro Durazzo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Antropologia do Imaginário, Meditação Budista, Perlaboração

Resumo

Este texto procura esclarecer os sentidos de uma noção psicanalítica bastante específica, mas também presente na literatura sobre a teoria do imaginário, a saber, a noção de perlaboração. A fim de apresentar seu significado para além da explanação teórica, ilustraremos o procedimento perlaborativo com uma técnica análoga, vinda da literatura budista. Nossa intenção é demonstrar como uma prática de auto-cultivo, oriunda de uma consolidada tradição religiosa, apresenta dinâmicas psíquicas presentes também em certa tradição científica ocidental – ampliando, com isso, certas abordagens simbólicas de uma antropologia do imaginário com relação a processos de equilibração psíquica. Através dessa comparação, por fim, poderemos evidenciar de maneira mais efetiva alguns procedimentos e efeitos de ambas as tradições.

Publicado
2019-04-23
Seção
Seção Temática: Religião e Psicologia