A ansiedade da judaicidade em Dostoiévski e a poética de Os irmãos Karamázov

Autores

  • Maxim Shrayer Professor of Russian, English, and Jewish Studies Lyons Hall 201 B Boston College Chestnut Hill, Mass. 02467

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2016.v19.22024

Palavras-chave:

Dostoevsky, Judaism, The Brothers Karamazov, anti-Jewish

Resumo

O artigo oferece uma panorâmica bem ampla dos diversos aspetos que condicionam a preocupação de Dostoiévski com os judeus e o judaísmo. Ao adotar, em sua obra Os irmãos Karamázov, uma abordagem inteiramente nova para o problema do preconceito anti-judaico, o autor apresenta o complexo contexto histórico que domina os eventos mais controvertidos do romance e convida o leitor a buscar uma compreensão mais profunda da relações entre judeus e cristãos.


The article offers a comprehensive overview of various approaches to Dostoevsky’s preoccupation with Jews and Judaism. In advancing an entirely novel approach to the treatment of anti-Jewish prejudice in The Brothers Karamazov, the author steeps some of novel’s most controversial scenes in
a rich historical context while also challenging its readers to seek a deeper understanding of Jewish-Christian relations.

Biografia do Autor

Maxim Shrayer, Professor of Russian, English, and Jewish Studies Lyons Hall 201 B Boston College Chestnut Hill, Mass. 02467

B.A., Brown University, 1989
M.A., Rutgers University (New Brunswick), 1990
M.Phil., Ph.D., Yale University, 1995

Downloads

Publicado

2016-12-29

Edição

Seção

Seção Temática: Fiódor Dostoiévski e a Religião