Fragmentos de 1806 sobre Filosofia e Religião de Friedrich Schlegel: Estudo e Tradução

Autores

  • Fabiano Lemos Brito

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2015.v18.22010

Resumo

O texto que se segue é uma tradução de um conjunto de fragmentos privados escritos por Friedrich Schlegel em 1806. Eles assinalam de maneira exemplar os tensionamentos promovidos pela conversão próxima ao catolicismo, que viria a ocorrer, oficialmente, em 1808, embora esta já se ensaiasse desde 1804. O caráter razoavelmente exotérico desses fragmentos se deve, também, ao modo como eles se esforçam para compatibilizar uma reflexão sobre a natureza – que emerge nas considerações sobre o panteísmo, por exemplo – com uma teologia dos afetos católica. O texto é precedido por uma introdução sobre a relação de Friedrich Schlegel com a teologia, que procura complexificar a afirmação segundo a qual sua conversão seria um abandono total das posições que sustentara antes.

Downloads

Publicado

2016-02-13