Iuáka Sesá-Iykysy – Lágrimas do Céu: Uma Lenda Indígena Tariana.

Autores

  • Fabricio Possebon Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-6296.2015.v18.21968

Palavras-chave:

Palavras-chave, mitologia indígena, os quatro elementos, Gaston Bachelard.

Resumo

Resumo. Este estudo apresenta uma proposta de interpretação de uma lenda de um povo indígena que vive na Amazônia, são os Tariana, isto é, os filhos do trovão. A narrativa foi preservada em um livro publicado no início do século passado: Lendas em Nheengatu e em Português. O fio condutor do enredo é mágico: lágrimas caem do céu sobre o rosto de uma jovem chamada Nhinhó e com isso ela se torna bela. Sua beleza, no entanto, será a sua tragédia. Como base epistemológica, usamos a teoria dos quatro elementos (terra, água, ar, fogo) de Gaston Bachelard, e nossa hipótese é a seguinte: A água é o elemento que sustenta a narrativa, principalmente através de suas metáforas.

 

 

Biografia do Autor

Fabricio Possebon, Universidade Federal da Paraíba

Prof. Dr. do Departamento de Ciências das Religiões – Centro de Educação, UFPB. Coordenador do curso de graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Ciências das Religiões e professor efetivo do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões e do Programa de Pós-Graduação em Letras. Esta pesquisa está vinculada ao “RENATURA: Núcleo de estudos sobre religião e natureza”, sob a coordenação do Prof. Dr. Clodomir Barros de Andrade (UFJF).

Downloads

Publicado

2016-02-13