Pobreza, desigualdades sociais e a questão da moradia: desfiando a teia | Poverty, social inequality and the issue of housing

  • Patrícia Figueiredo Ferreira Zürcher
Palavras-chave: pobreza, desigualdades, moradia, segregação

Resumo

O artigo apresenta os principais enfoques adotados no tratamento das questões acerca da pobreza e das desigualdades sociais bem como das políticas habitacionais no Brasil. A partir desse cenário apresentado pretende-se destacar elementos considerados de importante potencial analítico que vêm sendo pouco explorados, apontando, nesse sentido, algumas lacunas identificadas nos estudos sobre a questão da habitação. Ao dialogar e problematizar a literatura disponível sobre o tratamento da pobreza, das desigualdades e suas expressões na questão habitacional, percebe-se a segregação espacial não como consequência, mas como elemento constitutivo das ações públicas nesse âmbito.

Referências

ARRETCHE, M. (org.) 2015. Trajetórias das desigualdades – como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Ed. Unesp.
BICHIR, R. 2009. Determinantes do acesso à infraestrutura urbana no município de São Paulo. Revista Brasileira de Ciências Sociais 24(70). Disponível em www.scielo.br. BONDUKI, Nabil.1994. Origens da Habitação Social no Brasil. Análise Social vol.XXIX ..(127), 1994 (3º), 711-732. _______________ 2007.Política habitacional e inclusão social no Brasil: revisão histórica e novas perspectivas no governo Lula. Disponível em:http://www.usjt.br/arq.urb/numero_01/artigo_05_180908.pdf Acesso em 27 nov. 2014.
CARDOSO, A. L. e LAGO, L. C., 2015. Avaliação do Programa Minha Casa Minha Vida na Região Metropolitana do Rio de Janeiro: impactos urbanos e sociais – Relatório Final. Rio de Janeiro: Observatório das Metrópoles, 2015. Disponível em: http://www.observatoriodasmetropoles.net/images/abook_file/relatorio_mcmv_rj_2015.pdf. Acesso em 16 de agosto de 2015.
PEREIRA, P.A.P. 2002. A contribuição do cenceito de necessidades humanas básicas à formulação de políticas sociais. In Necessidades Humanas: subsídios à crítica dos mínimos sociais. São Paulo: Cortez.
ROCHA, S. 2003. Pobreza no Brasil: afinal do que se trata? Rio de Janeiro: FGV.
STOTZ, E. 2005. Pobreza e capitalismo. In VALLA, V.V.; STOTZ, E.; ALGEBAILLE, E.B. (orgs.) Para compreender a pobreza no Brasil. Rio de Janeiro: Contratempo – ENSP.
YAZBEK. M. C., 2012. Pobreza no Brasil contemporâneo e formas de seu enfrentamento. Serviço Social e Sociedade 110, pp.288-322. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010166282012000200005&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 17 de janeiro de 2017.
Publicado
2019-08-26