Política de saúde mental e drogas: desafios ao trabalho profissional em tempos de resistência / Mental health and drugs policy: challenges to the professional work in times of resistance

  • Marco José de Oliveira Duarte Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Resumo

O artigo analisa a política nacional de saúde mental do Brasil, objetivando efetuar um balanço sobre a atual situação da Reforma Psiquiátrica brasileira, apontando os marcos históricos e os dados da conjuntura política recente, enfatizando os avanços, limites e desafios. Foi realizada pesquisa documental através de documentos oficiais, portarias e bancos de dados do Sistema Único de Saúde, bem como de revisão da literatura especializada. Os resultados apontam, as contradições do processo de construção da rede de atenção psicossocial da política pública no âmbito do SUS, ressaltando, os dilemas das gestões públicas dos últimos tempos e, em particular, com o desmonte da Reforma Psiquiátrica, com a nova política de saúde mental com investimento nos modelos manicomial e proibicionista e os desafios postos para o trabalho profissional do Serviço Social.
Publicado
2018-12-28