Relações patriarcais de gênero e formação econômico-social brasileira: pressupostos e fundamentos / Patriarchal gender and Brazilian economic-social formation: assumptions and fundamentals

Autores

  • Leonardo Nogueira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Lucas Bezerra Universidade Estadual da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.34019/1980-8518.2018.v18.18599

Resumo

Este artigo tem como objetivo tecer algumas considerações introdutórias sobre a concepção de que as relações patriarcais de gênero e classe estão umbilicalmente articuladas na dinâmica da realidade brasileira. Optamos por uma revisão da bibliografia que versa sobre o tema dialogando, prioritariamente, com as abordagens feministas (marxistas e materialistas francófonas) e com os intérpretes da realidade nacional, levando em consideração as particularidades da formação econômico-social brasileira. Nosso esforço consiste em reafirmar que pensar o Brasil contemporâneo implica um trato rigoroso da dinâmica indissociável das relações de patriarcais de gênero e classe. Do mesmo modo, salientamos que é essencial compreender a formação econômico-social do Brasil para adensar o conteúdo dos debates relacionados a existência do patriarcado na realidade nacional.

Downloads

Publicado

2018-12-28