“APERTANDO A ENGRENAGEM”: A UNIVERSIDADE EM TEMPOS DE REGRESSÃO

  • Scheilla Nunes

Resumo

No presente artigo se procura pensar como a universidade é cortada pela atual crise. O objetivo é evidenciar o vínculo existente entre o direcionamento assumido pela produção social de conhecimento na sociedade moderna, o desenvolvimento das forças produtivas, os determinantes da crise estrutural, e as novas exigências postas para o Estado na atualidade. O que se argumenta é a necessidade de que sejam alinhavados estes fios que comumente aparecem soltos, para que seja possível compreender o sentido da refuncionalização a qual resulta na universidade contemporânea. Deste modo, se pretende chamar atenção para o abismo que parece existir entre as inúmeras e urgentes demandas humanas de um mundo atravessado por uma crise civilizatória e o sentido da própria atividade produtiva e reflexiva dos seres humanos historicamente situados nos liames do capitalismo.
Publicado
2015-05-27