"À Flor da Pele": Memórias de Vivências do Racismo e do Sexismona Infância e na Adolescência de Assistentes Sociais / “To Skin Deep”: Memories of Experiences of Racism And Sexism in Childhood and Adolescence of Black Social Workers Catrumanas

  • Jussara de Cássia Soares Lopes
Palavras-chave: Identidade. Mulheres Negras. Infância e Adolescência. Racismo. Sexismo.

Resumo

Este artigo é parte de minha dissertação de mestrado que teve por finalidade conhecer e compreender os processos de naturalização do racismo e do sexismo vivenciados sistematicamente por mulheres negras na infância e adolescência, a partir das memórias de sete colaboradoras voluntárias. Estas são assistentes sociais autodeclaradas negras e provenientes do Norte do estado de Minas Gerais (identidade catrumana), a exemplo da autora deste trabalho. Os achados desta pesquisa apontam para a necessidade de aprofundar o conhecimento e desenvolver estratégias de intervenção junto às mulheres negras, com atenção às particularidades das opressões, as quais são submetidas, com foco na infância e adolescência, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990).

Biografia do Autor

Jussara de Cássia Soares Lopes
Assistente Social pela UNIMONTES, mestre em Serviço Social pela PUC/RIO, professora
auxiliar na UFOP.
Publicado
2013-12-18