Repensando a Funcionalidade do Racismo para o Capitalismo no Brasil Contemporâneo / Rethinking the Functionality of Racism for Capitalism in Contemporary Brazil

  • Franciane Cristina de Menezes
Palavras-chave: Racismo, Classes sociais, Questão Social, Serviço Social

Resumo

O objeto deste estudo é a funcionalidade do racismo na estrutura de exploração capitalista vigente no Brasil. Questionamos qual a utilidade do racismo no Brasil contemporâneo e para quem? São apenas os capitalistas que se beneficiam do racismo existente no país? Nosso objetivo é alertar sobre a importância da articulação do movimento negro com outros atores sociais que convergem na defesa dos direitos humanos e/ou da construção de uma nova sociabilidade, alicerçada em novas bases, onde o social sempre tenha primazia sobre o econômico. Neste sentido, observamos que o aporte teórico e de análise acumulado pelo Serviço Social brasileiro, particularmente nas últimas décadas, pode contribuir de forma significativa para ampliar o alcance dessa discussão, dados os elementos constitutivos da formação profissional dos Assistentes Sociais e dado o perfil social dos sujeitos aos quais é direcionada a nossa prática profissional cotidiana.
Publicado
2013-12-18