Segregação Interna e Criminalização: O Caso da Favela e o Conjunto Habitacional Matadouro em Campos dos Goyatacazes/RJ

  • Carla Gisele dos Santos Mota
  • Hernán Armando Mamani
Palavras-chave: criminalização, segregação, política habitacional

Resumo

O trabalho tem como objetivo compreender a construção de uma imagem públicado Conjunto Habitacional Matadouro, em Campos-RJ, como lugar do tráfico e do crime.Desde que inaugurado, em 2008, viu-se a transformação da percepção positiva do conjunto,numa combinação de questões referentes a política de segurança pública e a uma políticahabitacional repleta de lacunas quanto a sua execução e acompanhamento. O tratamento destetema buscou amparo na perspectiva da segregação sócio-territorial, da violência urbana e dapolítica pública habitacional. Concluiu-se que a criminalização do conjunto é um fatorestigmatizante e reforçador da segregação; e que, o poder público, representado pelo aparatode segurança e pelas políticas habitacionais, mostra-se falho no tratamento de problemasrelativos a segurança pública e a continuidade de uma política habitacional ampla, promotorado bem estar coletivo.

Biografia do Autor

Carla Gisele dos Santos Mota
Assistente Social pela UFF – Universidade Federal Fluminense; Mestre em Políticas Sociais pela UniversidadeEstadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Hernán Armando Mamani
Professor Adjunto do Departamento de Ciências Sociais de Campos da Universidade Federal Fluminense. –UFF. Doutor em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de janeiro
Publicado
2013-02-25