As Eleições Municipais de Juiz de Fora em 2012 e a Estratégia da Personalização

  • Paulo Roberto Figueira Leal
  • Patrícia Gonçalves da Conceição Rossini
  • Vinícius Werneck
Palavras-chave: Mídia, Comunicação Política, Personalização, Eleições 2012, Juiz de Fora

Resumo

A personalização da política é fenômeno identificado nas eleições contemporâneas de vários países do mundo. A centralidade da Comunicação Política deslocou o debate para a figura do candidato, em detrimento da identificação partidária. Nesse contexto, os atalhos informacionais sobre as supostas qualidades pessoais dos candidatos, oferecidos pelo sistema midiático, constituem instrumento fundamental para que os atores políticos encontrem posicionamento adequado perante o eleitorado. O presente artigo efetiva revisão bibliográfica sobre o tema e aponta que esta tendência verificou-se, por meio de análise de conteúdo, também nas estratégias apresentadas pelos candidatos à prefeitura de Juiz de Fora, nos programas televisivos do Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral (HGPE), em 2012

Biografia do Autor

Paulo Roberto Figueira Leal
Doutor em Ciência Política pelo Iuperj; professor do PPGCOM da UFJF
Patrícia Gonçalves da Conceição Rossini
Mestre em Comunicação pela UFJF; doutoranda em Comunicação da UFMG
Vinícius Werneck
Mestre em Ciência Política pelo Iesp-Uerj; doutorando em Ciência Política do Iesp-Uerj
Publicado
2013-02-19