Da Invisibilidade na Memória das Lutas Sociais ao Protagonismo Histórico das Mulheres no Campo

  • Djacira Oliveira
Palavras-chave: Movimento Social, Classe Social, Gênero, Memória, Trabalhadora Rural

Resumo

Este estudo trata do protagonismo de mulheres latino-americanas nas lutas sociais, com ênfasepara a participação da trabalhadora rural brasileira nos movimentos sociais no campo, emespecial, no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. As informações concernentes àslutas femininas foram extraídas de bibliografias específicas, do registro de depoimentos demulheres que vivenciaram situações de lutas no MST e das leituras dessas lutas pela autora,enquanto militante do setor de gênero do MST no estado da Bahia. A análise dos dadospossibilitou que compreendêssemos as contradições do movimento e as possibilidades devalorização das mulheres engajadas nos movimentos sociais. O estudo constatou que asmulheres, apesar de sua extraordinária participação em lutas e movimentos sociais ainda estãoinvisíveis socialmente. No entanto, o estudo revela também, a necessidade de uma mudança narelação de gênero como um todo e no interior do MST, em particular.

Biografia do Autor

Djacira Oliveira
Djacira Maria de Oliveira Araújo – Dirigente do MST na Bahia e membro da Coordenação Nacional –Formada em Pedagogia pela Universidade Estadual da Bahia - UNEB e Pós-graduada em Estudos LatinoAmericano pela Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF/MG.
Publicado
2012-10-08