A Precarização do Trabalho e das Políticas Sociais na Sociedade Capitalista: Fundamentos da Precatização do Trabalho do Assistente Social

  • Girlene Maria Mátis Cavalcante
  • Rosa Prédes
Palavras-chave: Trabalho, Política social, Precarização, Serviço Social

Resumo

O artigo ora apresentado analisa os elementos que definem a atual precarização do trabalho doassistente social, buscando-se a relação com a precarização do trabalho e das políticas sociais naatualidade. O trabalho analisou que a política econômica, a política social e o mercado de trabalhoprofissional mantêm uma constante e íntima relação, havendo trocas recíprocas entre eles. Nessesentido, a política social está subordinada à política econômica, e isso interfere na qualidade dosserviços públicos que são prestados à população, bem como reflete nas condições de trabalho dosprofissionais que atuam na área social.

Biografia do Autor

Girlene Maria Mátis Cavalcante
Assistente Social. Mestre em Serviço Social pela UFAL. Docente da Faculdade Integrada Tiradentes.
Rosa Prédes
Assistente Social, Drª em Serviço Social pela UFRJ, professora da graduação e pós-graduação em ServiçoSocial da Universidade Federal de Alagoas – UFAL. Professora Adjunta FSS/UFAL.
Publicado
2012-10-08