O Estado Brasileiro e a Gestão do Excedente de Força de Trabalho no Brasil Contemporâneo

  • Mônica Maria Torres de Alencar
Palavras-chave: Estado, Política de emprego e renda, Mercado de Trabalho, Brasil

Resumo

Este artigo trata das políticas de emprego e renda no Brasil, enquanto um conjunto de ações, criadas nadécada de 90, em um contexto extremamente adverso para a economia do país, marcado, sobretudo, peloaumento do desemprego e diminuição dos empregos “formais”. Pretende-se apresentar algumas reflexõesem torno do alcance dessas políticas face o quadro atual do mercado de trabalho brasileiro que, aliado àscontradições históricas do emprego no país, configura um quadro extremamente adverso para a força detrabalho no Brasil.

Biografia do Autor

Mônica Maria Torres de Alencar
Professora Adjunta da Faculdade de Serviço Social da UERJ e Vice-Diretora da FSS/UERJ.
Publicado
2012-10-01